Imigração libera brasileiro após 3 meses detido em MA

%name Imigração libera brasileiro após 3 meses detido em MA
Hélio Guedes, morador em Framingham (MA), foi detido por agentes do ICE em 25 de setembro (Foto: Redes sociais)

Familiares comemoraram a liberação de Hélio Guedes, residente em Framingham (MA)

Depois de quase 3 meses tentando libertar o marido, Ivonete Guedes celebrou a liberação de Hélio Guedes. O brasileiro, que mora em Framingham (MA) com a esposa e 2 filhas, foi detido por agentes do Departamento de Imigração (ICE) em 25 de setembro. As informações são jornal Brazilian Times.

Para conseguir arcar com as despesas de advogado e as taxas judiciais, Ivonete organizou um almoço beneficente e iniciou no website GoFundMe.com a campanha: https://www.gofundme.com/f/helio039s-immigration-expense. O objetivo é angariar de US$ 7 mil e até a tarde de quarta-feira (13) haviam sido arrecadados US$ 5.577.

“A ajuda e apoio de vocês estão sendo muito importante para mim e nossa família. Nunca vou esquecer tudo o que vocês estão fazendo pelo meu esposo Hélio Guedes. Oremos e muito obrigada. Com todo carinho, de coração, agradeço pelas doações, orações e minha gratidão sempre será sua”, disse ela ao BT.

Ivonete acrescentou que o marido foi preso injustamente, pois não tinha nenhum problema com a polícia e tampouco com o ICE. “Ele foi preso injustamente, pois não devia nada e nem audiência em Corte tinha”, afirmou.

Entretanto, semana passada, o brasileiro foi liberado pelas autoridades migratórias. Em decorrência disso, Ivonete agradeceu, através de um texto, todas as pessoas que, por ventura, ajudaram a família dela durante esse período tão difícil.

“Ele está de volta! Passando para agradecer cada um que nos ajudou nesse momento tão difícil para nós. Umas (pessoas) que me ajudaram com dinheiro, outras com palavras de conforto, um abraço, que nessa hora a gente precisa mesmo. As pessoas que nem tiveram a curiosidade de olhar, mesmo assim, peço a Deus para retribuir bênçãos em dobro para vocês. Que ele abençoe e guarde cada um de vocês para que nunca passem o que nós passamos porque, além de ser triste demais, a gente gasta até o que nós não temos”, diz o comunicado.

“Mas, infelizmente, as pessoas que não têm documento correm esse risco. Nosso muito obrigado mesmo de coração. Não vou citar nomes de agradecimento porque são muitos. Entretanto, a Igreja Saint Tarcisius está de parabéns. Ela cumpre o que está escrito na Bíblia: ‘Jesus disse que o segundo maior mandamento, depois de amar a Deus, é amar ao próximo como a si mesmo (Mateus 22:37-39)’. Jesus disse que devemos ajudar quem precisa de ajuda, independentemente de quem seja. Deus ama todos, mesmo pessoas muito ruins. Ninguém merece a ajuda de Deus, mas Ele dá ajuda de graça, pois nos ama. Quando ajudamos outra pessoa, mesmo sem merecer, mostramos o amor de Deus”, concluiu.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend