Grupo Mulher faz abaixo-assinado para conter batidas da Imigração

Agentes aproximam-se de pessoas que ‘parecem ser brasileiras’ na rua e perguntam por documentos quando elas estão indo trabalhar

Em resposta ao expressivo número de e-mails e ligações telefônicas de apoio aos brasileiros residentes em Allston-Brighton (MA), presos durantes as batidas realizadas pelo Departamento de Imigração – ICE, o Grupo Mulher Brasileira – GMB lançou um abaixo-assinado eletrônico, endereçado ao Presidente Barack Obama, ao Governador Patrick, aos senadores Kennedy e Kerry e ao prefeito Menino. O documento pede a suspensão imediata das detenções.

“O Grupo entende que os brasileiros estão sendo especialmente visados por serem brasileiros e isto não é justo e nem legal”, disse a presidente do Grupo, Heloisa Maria Galvão, ressaltando: “Nós precisamos do maior número possível de assinaturas neste abaixo-assinado para atingirmos o nosso objetivo, que é a supensão imediata das batidas”.

Embora o ICE justifique que tais batidas como, por exemplo, a “Operações Fugitivos”, algumas das vitimas não sequer possuem antecedentes criminais. Algumas delas foram liberadas, mas estão com braceletes de metal (GPS). Estas batidas, segundo informações chegadas ao Grupo Mulher Brasileira também ocorreram em East Boston e em Lowell (MA).

Heloisa disse ainda que no último dia 13 de fevereiro, ela e Kênia Santiago, uma das coordenadoras da Cooperativa Vida Verde, reuniram-se com o Capitão Frank Mancine, comandante do Distrito D-14, e o oficial Manning. O Capitão Mancine fez questão de esclarecer que a polícia de Brighton não trabalha com a Imigração a não ser que seja um caso criminoso. Ele pediu que o GMB repassasse esta mensagem, pois considera importante que os moradores de Allston-Brighton não percam a confiança nas autoridades. Ele também acrescentou que os policiais de Boston usam uniforme e podem ser facilmente identificados. Segundo as vítimas das batidas da imigração, os oficiais de imigração estão a paisano (roupas comuns) e somente identificam-se depois de entrar nas casas.

Histórico (Preâmbulo):

“Há algumas semanas, comunidades imigrantes da Grande Boston foram surpreendidas e aterrorizadas por uma série de batidas da imigração nas primeiras horas da manhã. Estas batidas vêm atingindo principalmente pessoas sem antecedentes criminais ou passagem pela Imigração. Os oficiais da imigração se aproximam de pessoas que parecem ser brasileiras na rua e perguntam por documentos quando elas estão indo trabalhar. Estes mesmo oficiais entram nas residências e só se identificam depois que já estão dentro dos lares.

Petição:

“Caro Presidente Obama, Governador Patrick, Senador Kennedy, Senador Kerry e Prefeito Menino, Na qualidade de líderes comunitários e membros da comunidade, nós pedimos o fim das batidas do ICE (Imigração) em Massachusetts, onde os oficiais estão racialmente visando membros da comunidade e não se identificam como oficiais do ICE

Os oficiais do ICE estão gerando medo nas ruas dos nossos bairros, destruindo a santidade dos nossos lares e dividindo nossas famílias. Estas táticas parecem visar um grupo racialmente e se apoiam no medo da comunidade e na falta de conhecimento das pessoas sobre seus direitos legais.

Nós pedimos a suspensão imediata das atividades de recrusdecimento da imigração que racialmente atingem um grupo e aterrorizam comunidades.

Como assinar:

Para assinar a petição visite a página do Grupo: http://www.verdeamarelo.org ou acesse o link: www.gopetition.com/online/25501.htm. Quem não tiver acesso a um computador, pode ir à sede do GMB, na 569 Cambridge St., em Allston – MA, onde receberá ajuda para usar um dos computadores comunitários do Grupo. Este abaixo-assinado também pode ser assinado no papel. Para mais informações, telefone para (617) 787-0557, ramal 15, ou envie e-mail para: [email protected]

Related posts

Comentários

Send this to a friend