Agricultores pedem a legisladores reforma migratória nos EUA

Falta de mão-de-obra nas fazenda compromete a colheita de vegetais

Durante seu recente encontro anual em Washington – DC, a Associação Nacional dos Condados – NACo formulou uma proposta que pressiona o Congresso a solucionar a crise da mão-de-obra agrária. A resolução, aprovada por unanimidade de votos, propõe a criação de um programa de trabalhadores temporário menos burocrático, que permite conceder o status legal temporário e oferece proteção aos trabalhadores estrangeiros. Além disso, o programa possibilitaria a obtenção da residência permanente nos Estados Unidos.

“A NaCo reconhece que a mão-de-obra imigrante mantém as fazendas de frutas, vegetais, mudas e gado da América”, disse Craig Regelbrugge, chefe da Agriculture Coalition for Immigration Reform. “As autoridades locais compreendem que a estabilidade do trabalho na agricultura gera alimentos seguros e empregos fora das fazendas, mas que dependem dela”.

Regelbrugge acrescentou ser impressionante que as autoridades locais peçam ao Congresso a aprovação de uma reforma migratória, mesmo com a crise econômica. Independente da situação, pouquíssimos trabalhadores norte-americanos buscarão emprego nas fazendas, entretanto, a produção estável das fazendas geram indiretamente milhões de empregos e uma fonte abundante de alimentos para todos.

“Os líderes locais sabem que a solução para a nossa produção de alimentos e segurança econômica depende há muito tempo de Washington – DC, pelo Congresso e o Presidente Obama”, comentou.

A NACo pediu ao Congresso que considerasse o projeto de lei “Agricultural Job Opportunities, Benefits and Security Act” (AgJOBS) ou S. 340 e H.R. 371 durante a 110º reunião dos congressistas. A proposta bipartidária, pronta para ser reintroduzida no novo Congresso, estabilizaria a mão-de-obra agrária e representaria uma solução a longo prazo projetada pela NACo. A AgJOBS poderá ser levado em consideração pelo Congresso como parte de uma reforma migratória mais ampla ou o primeiro passo para isso.

Related posts

Comentários

Send this to a friend