Imigrante preso pelo ICE morre em hospital na Flórida

Foto3 Lower Keys Medical Center  Imigrante preso pelo ICE morre em hospital na Flórida
Wilfredo Padron foi considerado morto ao dar entrada no Lower Keys Medical Center (LKMC) (detalhe)

Wilfredo Padron foi encontrado desacordado e levado ao Lower Keys Medical Center (LKMC)

Um detento sob a custódia do Departamento de Imigração (ICE) no Centro de Detenção do Condado de Monroe (MCDC) em Key West (FL) morreu na quinta-feira (1), num hospital local. Ele havia sido encontrado desacordado no interior da cela dele e as tentativas dos carcereiros de reanima-lo não surtiram resultado.

O cubano Wilfredo Padron, de 58 anos, faleceu no Lower Keys Medical Center (LKMC), em Key West (FL), às 7:17 da manhã. A causa oficial da morte ainda permanece sob investigação, mas especula-se que tenha sido decorrente de problemas cardíacos. Os funcionários do MCDC encontraram Padron desacordado na cela dele aproximadamente às 6:41 da manhã e imediatamente aplicaram passagem cardiovascular (CPR) e também usaram um desfibrilador automático externo. Às 6:49 da manhã agentes do Departamento de Bombeiros de Key West chegaram ao local e o transportaram ao LKMC, onde ele faleceu.

Consistente com os protocolos do ICE, as autoridades estaduais de saúde foram notificadas sobre a morte, assim como o escritório do inspetor geral do Departamento de Segurança Nacional (DHS). Além disso, as autoridades americanas informaram os representantes da Embaixada de Cuba.

O ICE está realizando uma revisão ampla do incidente, como faz em tais casos. Estatisticamente, mortes sob a custódia do ICE são extremamente raras e representam uma pequena fração com relação a toda a população carcerária.   Tal revisão será conduzida pela liderança sênior do ICE do Departamento de Operações de Remoções & Cumprimento das Leis (ERO), o Departamento de Responsabilidade Profissional e o Escritório do Conselheiro Legal Principal.

Wilfredo possuía várias condenações criminais na Flórida e Texas e foi detido pelo ICE em 15 de agosto devido à uma ordem de deportação final emitida por um juiz de imigração em novembro de 2001. Ele estava detido enquanto aguardava o processo de deportação conforme a lei federal.

Padron foi o primeiro detento a morrer sob a custódia do ICE no Ano Fiscal de 2019.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend