Imigrante sofre derrame e amigos tentam retorná-lo ao Brasil

Foto17 Magnaldo de Jesus Imigrante sofre derrame e amigos tentam retorná lo ao Brasil
Magnaldo de Jesus trabalhava como mecânico há mais de 20 anos na região do Metrowest (MA) (Foto: GoFundMe.com)

O mecânico Magnaldo de Jesus, morador em Massachusetts, sofreu um AVC há aproximadamente um mês

Uma campanha beneficente iniciada no website GoFundMe.com, liderada pela mineira Mania Betânia Damota visa, visa ajudar Magnaldo de Jesus, conhecido na comunidade brasileira do MetroWest (MA) como “Marujo”. Ele trabalhou como mecânico em Framingham (MA) durante mais de 20 anos e sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) há cerca de um mês. Como sequela, ele não está andando e fala com dificuldade, portanto, isso o impossibilitou de trabalhar, pois o lado esquerdo do corpo dele ficou paralisado. O processo de recuperação é lento e as expectativas de recuperação total são mínimas.

Marujo precisa de atendimento domiciliar 24 horas por dia e sua irmã veio do Brasil para levá-lo de volta, pois ele não pode continuar a morar nos EUA nesta situação.

. Campanha beneficente:

A campanha beneficente: https://www.gofundme.com/marujo?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=fb_co_campmgmt_w; tem o objetivo de ajudar Marujo a cobrir os custos do retorno ao Brasil modificações em sua casa, além de despesas extras como fraldas, cadeira de rodas e fisioterapia. O hospital o está preparando para a volta ao Brasil. O objetivo da campanha é arrecadar US$ 10 mil e até à tarde de sábado (11) foram angariados US$ 7.405.

“Este é o Marujo (apelido), que trabalhou como mecânico há mais de 20 anos. Há um mês, ele sofreu um derrame e está hospitalizado. Infelizmente, ele não terá capacidade de retornar à profissão dele, pois o lado esquerdo (do corpo) está paralisado. Ele não caminha e fala com dificuldade. O processo de recuperação é lento e ele não pode continuar a viver aqui. O prognóstico de recuperação total é mínimo. Ele precisará de cuidados em casa 24 horas por dia. A irmã dele veio do Brasil para leva-lo de volta. Ele precisa de ajuda com o custo da viagem, reformas na casa, assim como fraldas, cadeira de rodas e fisioterapia. O hospital está organizando o retorno dele ao Brasil ainda nessa semana. Qualquer pessoa pode colaborar com qualquer quantia. Em nome dele eu peço ajuda”, diz a postagem no GoFundMe.com.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend