Imigrantes pagam bilhões em impostos nos EUA

IMG 20190415 WA0001 Imigrantes pagam bilhões em impostos nos EUA
Os lares imigrantes movimentaram US$ 1.5 trilhão e pagaram US$ 405 bilhões em impostos em 2017

O benefício econômico líquido dos imigrantes por estado totalizou mais de US$ 12 bilhões no Texas, US$ 18 bilhões em Nova York e US$ 38 bilhões na Califórnia

Apesar de o Presidente Donald Trump geralmente reclamar em alto e bom som sobre os custos que ele alega os imigrantes geram aos EUA, os números revelam uma realidade bastante diferente. Com o final do período da apresentação da declaração do imposto de renda, a ONG New American Economy, um grupo de pesquisa bipartidário de pesquisa migratória e ativismo fundado pelo ex-prefeito Michael Bloomberg, demonstrou o quanto os imigrantes contribuem para os cofres do país todos os anos:

. Os lares imigrantes movimentaram US$ 1.5 trilhão e pagaram US$ 405 bilhões em impostos em 2017.

. Os imigrantes beneficiados pelo programa “Deferred Action for Childhood Arrivals” (DACA) ganharam US$ 23.4 bilhões e pagaram US$ 2.2 bilhões em impostos federais e quase US$ 1.8 bilhão em impostos estaduais e municipais.

. Os imigrantes do programa de proteção temporária (TPS) pagaram mais de US$ 891 milhões em impostos federais e US$ 654 milhões em impostos estaduais e municipais.

. Os imigrantes indocumentados, cujo poder de compara é superior a US$ 200 bilhões, pagaram US$ 27.2 bilhões em impostos federais, estaduais e municipais.

Posteriormente, a ONG calculou o benefício econômico líquido dos imigrantes por estado, o que totalizou mais de US$ 12 bilhões no Texas, US$ 18 bilhões em Nova York e US$ 38 bilhões na Califórnia.

Os imigrantes beneficiaram a economia de várias formas, disse Andrew Lim, diretor de pesquisa quantitativa da ONG. As novas entradas preenchem espaços fundamentais no mercado de trabalho dos EUA, gerando poder de compra e que injeta “dinheiro tão necessário às economias locais, apoiando pequenos e grandes negócios em todos os EUA”.

“Devido ao fato de que os imigrantes são mais jovens, tendem menos a cometer crimes e dependerem de serviços sociais, como o Seguro Social ou Medicare, disse Lim, “eles acabam contribuindo com mais dinheiro na economia do que recebem em benefícios públicos como educação, serviços de saúde e segurança pública”.

Related posts

Comentários

Send this to a friend