Imigrantes são vítimas de golpe do “imposto atrasado”

Foto11 Golpe do imposto atrasado 300x200 Imigrantes são vítimas de golpe do “imposto atrasado”
O IRS nunca solicita dados pessoais e financeiros dos contribuintes por e-mail, menssagem de texto ou qualquer mídia social

Os golpistas ameaçam aqueles que se recusam a pagar com prisão, deportação, perda da licença ou carteira de motorista

A Receita Federal (IRS) dos Estados Unidos alertou os residentes sobre um golpe aplicado através do telefone em todo o país, incluindo imigrantes. Indivíduos ligam para residências alegando serem representantes do IRS e informando que as vítimas devem impostos atrasados e, portanto, devem pagá-los imediatamente através de cartões de débito bancário ou remessas de dinheiro. Os golpistas ameaçam aqueles que se recusam a pagar com prisão, deportação, perda da licença ou carteira de motorista.

Segundo o IRS, os indivíduos que aplicam o golpe geralmente: 1) Utilizam nomes comuns e números de registro falsos; 2) sabem os últimos quatro números do Seguro Social das vítimas; 3) fazem o caller ID indicar IRS; 4) enviam e-mails falsos do IRS para apoiar o golpe; 5) ligam uma segunda vez alegando ser da Polícia ou DMV (Departamento de Veículos Auto Motores), e o caller ID apoia suas alegações.

Na realidade, o IRS geralmente contata o contribuinte que deve impostos primeiramente por correspondência. O órgão não exige pagamentos através de cartões de débito bancário ou remessas de dinheiro. Além disso, o IRS não pede o número do cartão de créditos de contribuintes por telefone.

Caso o imigrante receba a ligação de alguém alegando que ele deve impostos atrasados, o IRS detalhou o que deve ser feito: 1) Se você deve impostos ou acha que deve impostos atrasados, desligue e ligue para: 1-800-829-1040. Os atendentes do IRS responderão perguntas sobre impostos atrasados e como pagá-los; 2) Se você não dever impostos, ligue e denuncie o incidente ao Inspetor Geral do Tesouro na Administração de Impostos (TIGTA) através do tel.: 1-800-366-4484; 3) As denúncias também podem ser feitas online através do website: FTC.gov. Mencione a expressão “IRS Telephone Scam” no campo “assunto” do seu e-mail.

Esteja alerta sobre ligações telefônicas e e-mails com o nome do IRS. O órgão nunca solicita dados pessoais e financeiros dos contribuintes por e-mail, menssagem de texto ou qualquer mídia social. Os contribuintes podem redirecionar os e-mails para: [email protected] Não abra qualquer “attachments” ou links desses e-mails.

Related posts

Comentários

Send this to a friend