Justiça quer punir senhorio que tentou verificar status migratório de inquilinos

Foto19 Jaideep Reddy 1024x629 Justiça quer punir senhorio que tentou verificar status migratório de inquilinos
O Departamento Estadual de Direitos Humanos planeja apresentar uma reclamação legal contra o Dr. Jaideep Reddy

Dono de prédio em Queens (NY) exigiu que moradores apresentassem prova de status migratório

As autoridades estaduais estão agindo contra um senhorio em Queens (NY) que ameaçou os inquilinos de despejo ao menos que eles provem que vivem legalmente nos EUA. Na segunda-feira (6), o Departamento Estadual de Direitos Humanos planeja apresentar uma reclamação legal contra o Dr. Jaideep Reddy, proprietário de um prédio no bairro de Corona onde os residentes receberam avisos informando-lhes, entre outras coisas, provas de status migratório.

“Não se engane: Esse comportamento repreensível é contra a lei e contra aquilo que defendemos como nova-iorquinos e nós usaremos qualquer recurso para parar isso, arrancar esses indivíduos maus e proteger os direitos básicos dos inquilinos em todo o estado”, disse o Governador Andrew Cuomo.

A reclamação, que resulta de uma investigação preliminar pelo Departamento de Direitos Humanos, dá início a um processo de revisão de 180 dias que poderá resultar em multas altas e outras sanções contra Reddy, disseram as autoridades.

Conforme o jornal NY Daily News publicou em junho desse ano, os moradores no prédio de 4 andares na esquina da 42nd Ave. e Junction Blvd., receberam um comunicado exigindo que eles comparecessem ao escritório da administração do imóvel e apresentassem cédula de identidade com foto, cartão do Seguro Social, “prova do status migratório” (green card ou passaporte) e comprovante de emprego. O aviso alertava: “Caso você não cumpra, o seu contrato de aluguel não será renovado, nós poderemos encerrar seu contrato e você poderá ser despejado do apartamento”.

A distribuição do aviso fez com que Cuomo e autoridades municipais e estaduais investigassem o assunto. Segundo leis estaduais, é ilegal pedir aos inquilinos que apresentem informações sobre o status migratório como condição para renovar o contrato de aluguel.

Quando perguntado sobre o aviso em junho, Reddy, que é médico, inicialmente respondeu, “eu retiro isso. Eu sinto muito”. Posteriormente, ele culpou o eletricista do prédio, Eddie Peralta, que também é imigrante, pelo aviso. O eletricista então culpou a secretária dele e citou o Presidente Donald Trump. “O que Donald Trump está fazendo é certo! Olhe o que nós fazemos para todos esses estrangeiros ilegais e o que eles fazem? Eles cometem homicídios. Eles estupram pessoas”, disse ele.

O prédio de Reddy fica localizado numa vizinhança predominantemente latina.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend