Donald Rice é contra a legalização da maconha em NJ

Foto28 Ronald Rice Donald Rice é contra a legalização da maconha em NJ
“Nós sabemos que existem fatores negativos os quais devemos nos proteger contra”, disse Rice

O Senador adiantou que planeja realizar reuniões públicas para avaliar o assunto

Um dos legisladores atuantes mais antigos em New Jersey informou que planeja realizar audiências públicas com o objetivo de questionar o apoio do próximo governador na legalização da maconha em 2018. O Senador Estadual Ronald Rice (D-Essex) anunciou na segunda-feira (20) que usará a autoridade dele como chefe do Comitê Legislativo Negro para organizar as reuniões públicas na análise das consequências negativas experimentadas nos 8 estados em que a posse e venda de maconha são legais.

“Nós sabemos que existem fatores negativos os quais devemos nos proteger contra, desde o acesso das crianças às guloseimas feitas à base de maconha aos acidentes de carro provocados por pessoas intoxicadas, os efeitos da maconha em bebês e o impacto da legalização nas comunidades de cor”, disse Rice em um comunicado.

As audiências estão agendadas para acontecerem depois que Phil Murphy assuma o cargo de governador em 16 de janeiro, disse o porta-voz da Maioria no Senado, Trish Graber.

“Como chefe do Conselho Legislativo Negro, eu planejo realizar audiências em vários locais em todo o estado para garantir que nós realmente avaliemos os detalhes desse assunto”, comentou Ronald.

Rice não está sozinho. Um a um os legisladores estão se alinhando para se pronunciarem contra a aproximação da possibilidade de legalização da maconha; uma vez que o democrata Phil Murphy derrotou a vice-governadora Kim Guadagno na disputa pelo cargo. A plataforma do novo governador incluiu a legalização da maconha para uso recreativo para adultos, com o objetivo de acabar com o encarceramento e condenação desproporcionais de negros por posse e consumo da droga. Além disso, a comercialização da maconha poderia gerar até US$ 300 milhões anuais no recolhimento de impostos ao estado,

O novo porta-voz da Assembleia Estadual, Craig Coughlin (D-Middlesex), foi o primeiro a demonstrar preocupação sobre a legalização da maconha após a vitória de Murphy em 7 de novembro. “Eu quero ter a certeza que isso faz sentido”, disse ele, membro da Assembleia desde 2010. “Como qualquer projeto de lei; particularmente qualquer proposta que crie algo novo, eu acho que a importância está realmente nos detalhes. Eu penso que devemos entender isso na totalidade”.

O presidente do Senado Estadual, Stephen Sweeney (D-Gloucester), que apoia a legalização, possui o poder de decidir que propostas estão sujeitas à reuniões públicas e quais serão votadas. Ele tem apoiado entusiasticamente o projeto de lei desde que viajou ao Colorado com o Senador Estadual Nicholas Scutari (D-Union), o redator da proposta.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend