Lulu Santos leva turnê “Pra Sempre” a New York City

Foto13 Lulu Santos Lulu Santos leva turnê “Pra Sempre” a New York City
Além dos sucessos que emplacou nos rádios, no palco Lulu Santos firmou-se como o maior showman brasileiro de sua geração (Foto: Midstone Photography)

O cantor e compositor carioca se apresentará na casa de shows Melrose Ballroom, em Queens (NY)

Na sexta-feira (22), no Melrose Ballroom, em Queens (NY), o cantor e compositor Lulu Santos se apresentará durante a turnê “Pra Sempre – USA Tour 2019”. A casa de shows é uma das mais principais e modernas na região metropolitana de New York City e já recebeu vários artistas brasileiros de renome. O evento é mais uma realização da Brazil In Concert.

O novo conceito de shows agora fica por conta da Brazil In Concert, uma das principais empresas especializadas em entretenimento de Nova York e Flórida. O grupo é parte da New York Brazil Grupo de Josimar Moreira, produtor de eventos que traz artistas nacionais para os EUA e leva artistas internacionais para se apresentarem no Brasil, a empresa vem conquistando o mercado com seu potencial criativo. E prova disso foram os shows do Zeca Pagodinho em Miami (FL) e no Melrose Ballroon, em Nova York, respectivamente. Sucesso de público e fantásticas apresentações. A Brazil In Concert trabalha com artistas de primeira grandeza do Brasil e do mundo. Quem gosta de entretenimento de qualidade agora terá a oportunidade de ver grandes nomes da música brasileira apresentando-se nos EUA.

Os projetos futuros estão recheados de ações de marketing e networking direcionados a comunidade brasileira nos Estados Unidos. O objetivo da Brazil in Concert Group é trazer as melhores atrações nacionais e realizar grandes apresentações e turnês em várias cidades proporcionando ao público uma melhor forma de entretenimento em locais apropriados com toda infraestrutura para quem quiser dançar, prestigiar ou apenas se contagiar com as séries de shows que estarão chegando por aí.

. Carreira de sucesso:

Filho de um militar da Aeronáutica, Luiz Maurício Pragana dos Santos, passou parte da infância nos EUA, onde o pai fazia curso de especialização em Engenharia Aeronáutica. Como qualquer adolescente de sua geração, nos anos 60 ele foi capturado pelo som dos Beatles e Rolling Stones. Mas, antes disso já curtia Chubby Checker, Hank Ballard, Ray Charles e os discos de seus pais que rolavam em casa: Frank Sinatra, Perry Como e Andy Williams. A música brasileira entraria pela Jovem Guarda e, principalmente, pela Tropicália de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Mutantes, Gal Costa e companhia.

Em 1980, com o nome de Luiz Maurício, por imposição de um diretor artístico da Polygram (atual Universal), que argumentava que “Lulu” não era nome de homem, ele lançou um compacto simples que passou em branco. Fracasso que não abalou o cantor e compositor. Novamente como Lulu Santos, um ano depois, voltaria à carga. Contratado pela gravadora Warner, ele lançaria em sequência 3 compactos que emplacariam nas rádios as canções “Tesouros da juventude”, “Areias escaldantes” e “De leve” (esta, uma versão feita por Gilberto Gil e Rita Lee para “Get back”, de John Lennon e Paul McCartney).
Além dos sucessos que emplacou nos rádios, no palco Lulu firmou-se como o maior showman brasileiro de sua geração.
Em 2004, nova revisão de sua carreira com o disco “Ao vivo MTV”, produzido por Paul Ralphes. Nele, algumas das muitas músicas que invadiram as ondas radiofônicas e o imaginário do povo brasileiro. Algumas daquelas que, hoje, estão presentes tanto no repertório de meninas numa sala de aula quanto de garis varrendo as ruas, de freiras e travestis, de operadores da bolsa e patricinhas, de peruas numa academia de ginástica e senhoras para lá da terceira idade… Assim como também marcam presença em discos de diferentes artistas da música brasileira: de novas bandas de rock que reverenciam o seu pioneirismo a grupos de pagode, passando por grandes intérpretes como Gal Costa, Milton Nascimento, Zizi Possi, Marisa Monte, Zé Ramalho e Marina Lima.

Lulu tem ainda em seu currículo colaborações com mestres como Gilberto Gil (Lulu produziu o CD “Bônus de carnaval”, que acompanhou o disco “Quanta gente veio ver”, de 1998) e Caetano Veloso (no disco “Noites do Norte ao vivo”, de 2001, estão as canções “O último romântico” e “Como uma onda” de Lulu, que se junta também ao compositor baiano na interpretação de “Cobra coral”).

Os ingressos para o show de Lulu Santos no Melrose Ballroom podem ser adquiridos online através do website: www.brazilinconcert.com

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend