“Malandragem USA” terá audiência preliminar na quinta-feira (29)

Foto2 Danilo Portugal Ramscheid “Malandragem USA” terá audiência preliminar na quinta feira (29)
Danilo P. Ramscheid ostentava sua “riqueza” para os seguidores do canal “Malandragem USA”, geralmente exibindo carros de luxo e muito dinheiro (Foto: Redes sociais)

Danilo Portugal Ramscheid é acusado de abuso sexual de menor, disseminar pornografia infantil e gravar cenas de sexo sem o consentimento da vítima

O Tribunal Superior de Massachusetts agendou para quinta-feira (29) a audiência preliminar do ex-YouTuber Danilo Portugal Ramscheid, de 30 anos, natural de Nova Friburgo (RJ). O brasileiro é acusado de ter abusado sexualmente de uma menor de idade, disseminar pornografia infantil e gravar cenas de sexo com a menor sem o consentimento ou conhecimento da vítima. Ele conseguiu o habeas corpus para ter o seu processo revisado.

Conforme documentos apresentados no tribunal, Danilo é acusado de ato sexual com menor de idade, posse e exibição de imagens (código c272 – 29A(b), fotografia libidinosa ou de partes íntimas sem consentimento (código c272 – 105(b). O réu está detido na Penitenciária de Middlesex, em Billerica (MA).

Em 10 de abril, durante a audiência ocorrida na Corte Superior de Middlesex, Massachusetts, o Juiz Lawrence Pierce havia negado a revisão da fiança do blogger Danilo Portugal Ramscheid. Posteriormente, a Corte Distrital de Woburn determinou a fiança em US$ 10 mil, a qual foi aumentada para US$ 1 milhão pela Corte Superior do Condado de Middlesex. Danilo teria que pagar 10% desse valor, ou seja, US$ 100 mil para ser liberado. Caso a fiança fosse paga, ele seria transferido para a custódia do Departamento de Imigração (ICE), explicou a advogada de defesa do brasileiro, Cheryl C. McGillivray.

O brasileiro foi preso em 4 de fevereiro desse ano por agentes do Departamento de Polícia de Winchester (MA). Ele foi acusado de “posar e exibir uma criança em ato sexual, fotografar uma pessoa nua sem o consentimento ou conhecimento dela e posse de pornografia infantil”. Segundo arquivos no tribunal, a polícia de Winchester encontrou gravações do ato sexual envolvendo Ramscheid e uma adolescente de 17 anos que compareceu à festa na casa dele em meados de janeiro.

Ainda segundo o relatório, a jovem relatou à polícia que foi sexualmente atacada e não consentiu em ser filmada. Na ocasião, Danilo alegou às autoridades que filmava as mulheres para “ter provas de que as relações sexuais haviam sido consensuais”.

Após a conclusão do caso criminal, Ramscheid será deportado, adiantou o porta-voz do ICE.

. Estilo “ostentação”

Danilo ficou conhecido na internet como “Malandragem USA” após abrir um canal no YouTube com o mesmo nome, através do qual oferecia serviços e dicas para quem quisesse residir nos EUA, independente do status migratório. Em vários vídeos, o brasileiro ostentava sua “riqueza” para os seguidores do canal, geralmente exibindo carros de luxo e muito dinheiro.

. Campanha tirada da internet:

Em março, foi iniciada no website GoFundMe.com a campanha em português “Ajude Danilo Malandragem”, em alusão ao nome usado por ele no YouTube. A campanha tinha o objetivo de angariar R$ 50 mil (US$ 13 mil), que supostamente seriam utilizados para pagar a fiança do réu, conforme a descrição da campanha. Poucas horas depois de a campanha ser postada online internautas alertaram os administradores do GoFundMe.com e a página foi tirada da internet.

Related posts

Comentários

Send this to a friend