Maplewood quer multar pedestres distraídos ao celular

Foto19 Caminhando e enviando mensagens Maplewood quer multar pedestres distraídos ao celular
A proposta visa multar os pedestres que caminharem e olharem para o celular ao mesmo tempo

O Comitê Municipal de Segurança de Maplewood avaliará a proposta

Inspirada pela nova lei em Honolulu, Havaí, a membro do Comitê Municipal de Segurança de Maplewood, Nancy Adams, propôs multar os pedestres que olharem para o telefone celular enquanto caminham. A ideia foi proposta na reunião realizada na terça-feira (16) e o Comitê avaliará a sugestão.

“Já existem leis aprovadas que proíbem dirigir e usar um aparato móvel e está se tornando cada vez mais aparente que os jovens da Geração Z precisam olhar para frente e assim garantir que cruzem as ruas com segurança”, disse Nancy.

A proposta está em estágio inicial, portanto, ainda não detalhes, explicou ela. O valor das multas deve ser mínimo e os policiais poderiam usar o livre arbítrio na emissão de multas. Uma pessoa, por exemplo, usando a luz de um aparelho celular como lanterna para atravessar uma rua não deveria ser multada.

Multar pedestres é a iniciativa de segurança mais recente apresentada em Maplewood, incluindo programas educacionais e policiais à paisana que multam motoristas que não param nas faixas de cruzamento de pedestres. Além disso, a Prefeitura planeja comprar cintas fluorescentes para pôr nos braços que seriam distribuídas as pessoas que caminho com frequência no centro da cidade à noite, informou o chefe de polícia interino Jimmy DeVaul. Ele acrescentou que multar os pedestres que caminham e olham para o telefone seria mais uma iniciativa de consciência do que punição.

A criação de uma ordenança que governe o comportamento dos pedestres também transferiria um pouco da responsabilidade, pois “nem sempre a culpa é do motorista” em um acidente, disse Adams.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend