Massachusetts lidera acúmulo de casos migratórios em tribunais

Foto7 Martelo da justica Massachusetts lidera acúmulo de casos migratórios em tribunais
O acúmulo de casos migratórios em Massachusetts é o 2º mais alto nos EUA

Atualmente, existem 27 mil casos pendentes na Corte de Boston (MA), 76% a mais desde que Trump tomou posse como presidente

Para um imigrante que está lutando contra a deportação ou aplicando para asilo, a audiência preliminar indica o início do processo. Ela dá início ao resto dos procedimentos e os estrangeiros saem do local já com a data agendada para outra audiência. Em Boston (MA), essas datas estão sendo cada vez mais adiadas devido aos 27 mil casos pendentes; um aumento de 76% desde que o Presidente Donald Trump assumiu o cargo. O acúmulo no estado é o 2º mais alto nos EUA.

Sarah Sherman Stokes, advogada e instrutora clínica na Escola de Direito da Universidade de Boston, relatou que, quanto maior o acúmulo de casos, maior é o tempo de espera. “O aumento do acúmulo nas Cortes de Imigração possui um impacto dramático em nossos clientes”, disse ela.

Conforme o TRAC, uma base de dados nacional sobre imigração da Syracuse University, a média de espera em Boston é de 2 anos. Esse tempo vem aumentando gradativamente nos últimos anos. Sharah indicou que isso era um problema para muitos dos clientes dela, especialmente aqueles que solicitam asilo depois de vivenciarem traumas tremendos em seus países de origem.

“Quanto mais longo o tempo entre o incidente que ocorreu e ter que conta-lo perante o tribunal, num local adverso, se torna mais difícil para eles (clientes) relatar com precisão”, disse a advogada. “Pequenas inconsistências podem formar as bases para a negação de um pedido de asilo”.

Em setembro, o Procurador Geral de Justiça Jeff Sessions estabeleceu a meta de aumentar o número de juízes de imigração no país em 50%. A ideia era que os novos magistrados ajudariam a resolver o acúmulo imenso de casos, que continua a aumentar em toda a nação, entretanto, simplesmente adicionar mais juízes poderá não ser o suficiente para diminuir um pouco o acúmulo tão cedo.

“Enquanto há um esforço quase frenético em aumentar o número de juízes de imigração, demora muito tempo para acabar com um acúmulo”, disse Dana Leigh Marks, juiz de imigração em San Francisco (CA) e antiga presidente da Associação Nacional dos Juízes de Imigração (NAIJ. “Apesar de atualmente existir um esforço quase frenético em aumentar a quantidade de juízes de imigração, demora muito tempo para resolver um acúmulo. Isso porque os casos envelhecem e permanecem mais tempo nas gavetas; fazendo com que eles se tornem mais complicados”.

As evidências caducam, as testemunhas são difíceis de localizar e as circunstâncias dos indivíduos mudam. Por exemplo, talvez o tempo tenha passado e a pessoa atualmente é elegível para um status diferente daquele que ele aplicou originalmente. Devido a tudo isso, frisou Marks, quanto mais tempo um caso fica na gaveta, mais tempo passará para um caso ser solucionado.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend