Mecânico brasileiro comete suicídio em Massachusetts

Sandro da Silva  884x1024 Mecânico brasileiro comete suicídio em Massachusetts
O mecânico Sandro da Silva vivia há aproximadamente 20 anos nos EUA (Foto: Facebook)

O corpo de Sandro da Silva foi encontrado na oficina onde trabalhava na manhã de quinta-feira (14)

Na manhã de quinta-feira (14), a comunidade brasileira na cidade de Malden (MA) acordou de luto e chocada com a morte súbita do mecânico Sandro da Silva, de 48 anos, natural do Espírito Santo. Ele vivia nos Estados Unidos há aproximadamente 20 anos e foi encontrado por um funcionário no interior da oficina de veículos onde trabalhava. Aparentemente, a causa da morte foi asfixia por enforcamento. Ele teria deixado uma carta, que foi confiscada pela polícia e o conteúdo ainda não foi divulgado pelas autoridades que investigam o caso.

Silva deixou 3 filhos, uma adolescente e dois meninos, ambos nascidos nos EUA. No perfil dele no Facebook ele demonstrava ser fã ardente da banda de rock U2, o cão de estimação do brasileiro tem o nome de “Bono”, vocalista do grupo britânico, e torcedor dos times Boston Celtics e New England.

Conforme o jornal Brazilian Times, testemunhas relataram que Sandro teria trabalhado na oficina até tarde da noite na quarta-feira (13). O ajudante que estava com ele foi embora para casa mais cedo e, portanto, deixando o mecânico sozinho. Na manhã do dia seguinte, o ajudante teria chegado para trabalhar e encontrou uma pequena aglomeração na porta da oficina. Eram clientes que foram buscar seus carros, mas o estabelecimento ainda estava fechado e não encontravam Silva. O ajudante olhou através do vidro de uma janela e viu o corpo do mecânico pendurado em um dos guindastes (lifts). A polícia foi imediatamente acionada.

. Problemas emocionais:

Amigos relataram ao BT que Silva estava passando por problemas emocionais, mas era excelente profissional e bastante querido na comunidade. Nas horas vagas, ele costumava pescar e organizar churrascos.

“Infelizmente, ele não conseguiu se legalizar e, talvez isso, seja um dos motivos para a sua instabilidade emocional”, disse um amigo ao BT. “Além disso, ele já teve problemas com as autoridades no passado e já foi preso”.

O corpo ainda não foi liberado pelas autoridades locais, portanto, a data do funeral ainda não foi divulgada.

. Depressão: O inimigo silencioso

A distância dos familiares, a impossibilidade de visita-los, dar um abraço apertado, rever amigos e lugares vividos na infância, problemas no trabalho, são alguns dos fatores que contribuem para a crescente incidência dos casos de depressão na comunidade brasileira no exterior. Até há pouco tempo considerada “frescura”, a depressão vem fazendo cada vez mais vítimas entre os imigrantes. Recentemente, vários brasileiros tiraram a própria vida ou foram encontrados mortos, em circunstâncias ainda investigadas, em diversos países e, conforme o depoimento das pessoas que conviveram com eles, a tristeza profunda foi uma das características percebidas.

. Grupo de ajuda:

No início de 2017, a Fundação João José Santos realizou uma palestra grátis sobre prevenção do suicídio em New Jersey. Durante o encontro, foram abordados os seguintes tópicos: Formas de lidar com a depressão, como uma alimentação saudável pode beneficiar quem sofre de depressão, como reconhecer sinais de suicídio e estabelecer um plano de ajuda, recursos comunitários disponíveis, entre outros. O programa, em português e inglês, é aberto ao público. A Fundação foi criada em homenagem ao imigrante português João José Santos, que perdeu a luta contra a depressão. Com frequência, a entidade realiza palestras e organiza grupos de apoio, em língua portuguesa, sobre o tema. Mais informações sobre a João José Santos podem ser obtidas através do website: www.thejohncharitable.org, e-mail: [email protected] ou tel.: (908) 707-1699.

Related posts

Comentários

Send this to a friend