Menendez lidera pesquisas a poucos dias das eleições em NJ

Foto17 Robert Menendez e Bob Hugin Menendez lidera pesquisas a poucos dias das eleições em NJ
Apesar de a disputa estar mais acirrada do que o esperado, Hugin (dir.) nunca liderou nenhuma pesquisa contra Menendez (esq.)

O candidato democrata está à frente do oponente republicano por 51% contra 39%

Uma pesquisa divulgada apenas quatro dias antes do dia da eleição mostrou o Senador Robert Menendez liderando o oponente republicano e ex-executivo da Celgene Corp., Bob Hugin. Menendez, democrata de New Jersey que tenta o 3º mandato consecutivo, está à frente de Hugin por 51% contra 39%, na pesquisa da Universidade de Stockton divulgada na sexta-feira (2). O candidato do Partido Libertário, Murray Sabrin, ficou com 3%.

Como tem sido o caso em pesquisas anteriores, Menendez se beneficiou da antipatia em relação ao Presidente Donald Trump, que provou polêmica entre os eleitores devido aos seus próprios problemas éticos.

“Mesmo que seu nome não esteja na cédula, a presença do Presidente Trump parece definir a aceitação em New Jersey”, disse Michael W. Klein, diretor executivo interino do Centro William J. Hughes de Políticas Públicas da Stockton.

“Nossa pesquisa indica que os eleitores de New Jersey se opõem ao Presidente e a melhor maneira de expressar essa oposição nas urnas é a de reeleger o Senador Menendez, apesar de qualquer dúvida envolvendo o próprio Senador”, acrescentou Klein.

Uma pesquisa anterior da Stockton, divulgada em 1 de outubro, revelou quase o empate entre Menendez e Hugin. A pesquisa mais recente demonstrou que Menendez lidera Hugin, que gastou US$ 36 milhões de seu próprio dinheiro, a maior parte em anúncios negativos que atacam o oponente citando problemas éticos. Isso deu a Menendez uma liderança maior do que outras pesquisas recentes. Nesta pesquisa, 71% escolheram Trump ou o controle partidário do Senado como fator principal para decidir em qual candidato votar.

Apenas 19% citaram os problemas éticos de Menendez, que incluem uma repreensão do Comitê de Ética do Senado e 14 acusações antes que um juiz o absolvesse de algumas acusações e os promotores federais abandonaram o restante.

Menendez foi visto desfavoravelmente por 44% dos eleitores prováveis e favoravelmente por 23%, apesar da campanha publicitária negativa de Hugin. As avaliações desfavoráveis de Menendez caíram de 54% na pesquisa anterior de Stockton.

Apenas 37% classificaram o desempenho de Trump no cargo como bom ou excelente, com 62% dizendo que era justo ou ruim. Apesar de a disputa estar mais acirrada do que o esperado, Hugin nunca liderou nenhuma pesquisa. Ainda assim, os democratas do Senado estavam preocupados e o Comitê Democrata já havia gastado cerca de US$ 7 milhões em nome de Menendez.

A pesquisa de 598 prováveis eleitores foi realizada de 25 a 31 de outubro e teve uma margem de erro de 4 pontos percentuais.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend