Murphy quer legalização da maconha em NJ

Foto9 Phil Murphy Murphy quer legalização da maconha em NJ
Murphy, cuja plataforma incluía a legalização da droga, tende a não perder tempo e aprovar rapidamente um projeto de lei

O novo governador prometeu a legalização da droga ainda nos primeiros 100 dias no cargo

O novo governador eleito de New Jersey ainda não ocupou oficialmente o cargo, mas já adiantou ser a favor da legalização da maconha no Estado Jardim. O democrata Phil Murphy, cuja plataforma incluía a legalização da droga, tende a não perder tempo e aprovar rapidamente um projeto de lei, preveem especialistas.

“O tema tem o apoio significativo dos democratas no Governo e os impostos gerados são necessários para a agenda política de Murphy”, disse o pesquisador da Monmouth University, Patrick Murray.

Murphy prometeu legalizar a maconha em New Jersey para os maiores de 21 anos ainda nos seus primeiros 100 dias no cargo, visando a arrecadação de aproximadamente US$ 300 milhões anuais em impostos.

Na noite de terça-feira (7), os eleitores em New Jersey votaram no candidato democrata Phil Murphy para ser o novo governador do estado. Ele substituirá o atual Governador Chris Christie, que é agora o dirigente menos popular na história do Estado Jardim.

Murphy, ex-banqueiro em Wall Street e antigo embaixador dos Estados Unidos na Alemanha durante a administração de Barack Obama, vinha desde o início liderando a disputa contra a republicana Kim Guadagno, que ocupava o cargo de vice-governadora. Ele, que nunca havia antes ocupado um cargo político, ultrapassou Guadagno, que tentou desesperadamente se distanciar da imagem de Christie, cujo índice de aprovação vinha despencando nas últimas semanas que precederam as eleições no estado.

A disputa se tornou acirrada nos dias finais de campanha, com os dois candidatos enfatizando suas plataformas políticas em assuntos que variaram desde o salário mínimo ao controle de armas. Guadagno baseou seu discurso no apoio à queda do valor do imposto predial, cuja alíquota é a mais alta de todos os 50 estados do país. Já Murphy se opõe à queda do valor dos impostos, entretanto, apoia o patrocínio integral das escolas públicas, o que ele alega baixaria o valor dos impostos prediais. Além disso, ele também planeja “arrumar” as emendas tributárias que concedem descontos fiscais às grandes empresas.

Murphy focalizou grande parte de sua campanha ligando a imagem de Guadagno aos fracassos da administração Christie, a qual ele culpa pela “economia falida”, como resultado da “falta de liderança” do governador atual e sua vice.

A vitória de Murphy sobre Guadagnio simboliza uma nova era de liderança democrata no Estado Jardim depois de 8 anos da administração Christie; que foi uma vez um republicano popular, mas nos últimos anos viu seu índice de aprovação despencar. Murphy, de 60 anos, será o primeiro líder democrata no estado depois de Jon Corzine, outro ex-executivo da firma de investimentos Goldman & Sachs, que gastou milhões de dólares do próprio bolso para conquistar o cargo que ele perdeu para Christie em 2009.

Quando Phil Murphy assumir o cargo em 16 de janeiro, os democratas controlarão o escritório do governador e a legislatura estadual pela primeira desde o mandato único de Corzine.

Related posts

Comentários

Send this to a friend