Na reta final do green card, brasileira recebe ordem de deportação

Foto25 Ane Maschiach 002 Na reta final do green card, brasileira recebe ordem de deportação
“Eu tenho que ir com o meu passaporte brasileiro e um bilhete de viagem provando que deixarei o país em fevereiro”, disse Ane Maschiach (Foto: WPTV)

Ane Maschiach, moradora em Boca Raton (FL), vive há 16 anos nos EUA e tem até fevereiro de 2020 para deixar o país

A imigrante Ane Maschiach, residente em Boca Raton (FL), está literalmente correndo contra o tempo, após estar na última etapa do processo de petição da residência legal permanente e ter recebido uma ordem de deportação. Durante uma audiência no tribunal da imigração, a brasileira, que vive nos EUA há 16 anos, recebeu um aviso que deveria retornar ao seu país de origem até fevereiro de 2020 ou seria presa. As informações são do canal de TV local subsidiário da NBC-6.

“Eu não disse à minha filha porque ela tem oito anos de idade, então, o menor, ele realmente não entende ainda. Ele saberá quando eu não estiver mais aqui, mas eu não posso contar para a minha filha”, disse Maschiach ao canal WPTV, afiliado a NBC.

Ane, que estuda Enfermagem, disse ao canal que vem trabalhando como cabeleireira, pagando impostos, constituindo família e passando pelo processo migratório por 5 anos.

“Eles estão basicamente destruindo uma família boa”, disse o esposo da brasileira, Shai. “Como eu posso sentar com a minha filha e dizê-la que a mãe dela não estará mais aqui?”

A brasileira detalhou que a aplicação final para a obtenção da residência legal permanente (green card) demora 6 meses para ser processada e a última audiência migratória dela está agendada para 2 dias antes do Natal.

“Eu tenho que ir com o meu passaporte brasileiro e um bilhete de viagem provando que deixarei o país em fevereiro”, disse ela. “Eu não matei ninguém. Eu sou uma imigrante e acredito que o mundo vem fazendo isso desde sempre”, concluiu.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend