Newark e NYC disputam por 2ª sede da Amazon

Foto25 Amazon Newark e NYC disputam por 2ª sede da Amazon
A Amazon construirá sua 2ª sede nos Estados Unidos, a qual gerará milhares de vagas de emprego diretas e indiretas

As duas cidades estão na lista das 20 cidades em potencial para a instalação do projeto de US$ 5 bilhões

Assim como a nova geração que a empresa visa atrair para trabalhar em sua nova sede, a Amazon completou 23 anos e enfrenta uma escolha difícil: Ela poderá se mudar para a Big Apple, com toda sua vibração, dinheiro e acesso, ou para um subúrbio com os mesmos atributos, a poucas milhas de distância de carro ou trem e ter mais dinheiro para tirar vantagem disso tudo. Enquanto a disputa pelo projeto Amazon’s HQ2 passa para a segunda fase, New York e New Jersey tentam acirradamente atrair a atenção da empresa.

New York City e Newark estão na lista das 20 cidades em potencial para a instalação do projeto de US$ 5 bilhões, o qual a Amazon adianta que empregará 50 mil trabalhadores com salários altos. Nas exigências para as propostas, divulgadas em setembro, a empresa prefere uma área metropolitana com população de pelo menos 1 milhão de pessoas, atmosfera comercial estável e amigável, uma região com o potencial de atrair e reter talentos avançados na área técnica e uma área com o histórico de pensamento criativo e inovação.

Ambas as cidades claramente passaram na seleção inicial. Elas são centros populacionais enormes e com sistemas de transportes altamente desenvolvidos, incluindo aeroportos internacionais nos limites das cidades. Entretanto, a maioria das semelhanças termina por aí. Dois dos 4 locais que Nova York propôs ficam no coração de Manhattan, nas proximidades da Penn Station e Madison Square Garden, além de 26 milhões de pés quadrados em espaço comercial em prédios já construídos. Já na parte baixa da ilha seriam 8.5 milhões de pés quadrados.

Já Newark talvez não tenha o glamour da vizinha localizada do outro lado do rio Hudson, mas a Prefeitura tem algo que espera chamar a atenção da Amazon: Muito dinheiro. New Jersey está oferecendo um pacote de US$ 7 bilhões em incentivos estaduais e municipais, a maior oferta entre as 20 regiões finalistas, ou pelo menos aquelas cujas apostas foram publicadas. O ex-governador Chris Christie assinou o pacote pouco antes de deixar o cargo em janeiro e, apesar de o Governador Phil Murphy ainda não tê-lo apoiado publicamente, tudo indica que não há planos de que isso mude.

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend