Papa pede à Igreja para defender os direitos dos imigrantes

Foto28 Papa Francisco  1024x885 Papa pede à Igreja para defender os direitos dos imigrantes
“Aqui na Colômbia e no mundo, milhões de pessoas ainda são vendidas como escravas”, disse o Papa Francisco

O Pontífice enfatizou o papel da Igreja Católica em ajudar os imigrantes e as vítimas do tráfico humano

No último final de semana, o Papa Francisco visitou a Colômbia e enfatizou o papel da Igreja Católica em ajudar os imigrantes e as vítimas do tráfico humano. Os comentários foram feitos quando o mundo acompanha de perto o debate sobre imigração nos EUA.

O pontífice visitou a Igreja de Saint Peter Claver em Cartagena, onde ele disse que o santo serve como exemplo de como a Igreja deveria “promover a dignidades de todos os nossos irmãos e irmãs, particularmente os pobres e excluídos da sociedade, os abandonados, imigrantes e aqueles que sofrem violência e o tráfico humano”.

Claver, um padre jesuíta que passou muitos anos trabalhando em Cartagena, é conhecido pela defesa dos direitos humanos durante o século 17.

“Aqui na Colômbia e no mundo, milhões de pessoas ainda são vendidas como escravas; elas imploram por algumas expressões de humanidade, momentos de ternura ou elas fogem por terra ou mar porque perderam tudo. Primeiramente, a dignidade e direito delas”, disse Francisco.

Anteriormente, o Papa criticou o Presidente Trump por pressionar para a construção de um muro ao longo de toda a fronteira entre os EUA e México, pedindo ao povo em fevereiro para construir pontes e não barreiras. Antes da viagem de Trump ao Vaticano, o pontífice disse que não tentaria mudar a posição do Presidente no que diz respeito à imigração e o meio-ambiente.

Além disso, os comentários feitos pelo Papa ocorreram há menos de uma semana que o Promotor Público Geral Jeff Sessions anunciou que Trump havia decidido pela extinção do programa Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA) daqui a 6 meses, caso o Congresso não o transforme em lei federal. Desde então, os legisladores prometeram aprovar um projeto de lei que ampliaria as proteções para os jovens indocumentados que foram trazidos aos EUA ainda na infância.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend