Policiais jogam futebol com imigrantes em NY

Foto14 Partida de futebol NY Policiais jogam futebol com imigrantes em NY
Os treinamentos começaram com somente 10 jogadores, depois 30, 40, totalizando quase 60 participantes
Foto14 Partida de futebol NY  Policiais jogam futebol com imigrantes em NY
O objetivo do programa é fortalecer a confiança dos moradores nas autoridades locais

Os treinos e partidas ocorreram no Corporal Thompson Park, em Staten Island (NY)

Enquanto a Casa Branca continua a implantar políticas agressivas de combate aos imigrantes indocumentados, incluindo a separação de mães e filhos na fronteira com o México, o Departamento de Polícia de New York City pôs em prática uma ideia original. Esse é o esforço mais recente que visa fortalecer o relacionamento entre as autoridades locais e as comunidades imigrantes.

O futebol é um jogo o qual o trabalho em grupo é fundamental, portanto o NYPD está formando colegas de time inusitados: Agentes de polícia e imigrantes indocumentados. Os jogadores concluíram oi último treinamento na terça-feira (8). A iniciativa teve um início lento em virtude do tempo frio, entretanto, a novidade se espalhou entre as pessoas. Os treinamentos começaram com somente 10 jogadores, depois 30, 40 e na terça-feira passada totalizou quase 60 policiais e imigrantes vindos de toda Staten Island (NY) em campo. Os treinos e partidas ocorreram no Corporal Thompson Park, das 5:00 pm às 7:00 pm.

Com uma história longa de organizar programas atléticos, a NYPD e os ativistas defensores dos direitos dos imigrantes adotaram uma abordagem nova em Staten Island, colocando policiais e imigrantes no mesmo time. Eles enfrentam outras equipes em jogos amistosos.

Em todos os EUA os departamentos de polícia têm investido tempo e recursos consideráveis para fortalecer a confiança e cooperação com todos os membros de suas comunidades, incluindo os imigrantes. As autoridades sabem que as pessoas denunciam ou procuram ajuda quando confiam na polícia local, resultando em vizinhanças mais seguras.

“Os treinamentos têm sido um sucesso; especialmente quando todos se juntam sem uniformes para jogar e desenvolvem confiança uns nos outros como nova-iorquinos”, disse o organizador César Vargas, que é ativista e o primeiro advogado indocumentado de Nova York. “Mais importante, é reforçar a política do NYPD de que seus agentes não questionam o status migratório de ninguém e, portanto, todos podem buscar o auxílio da polícia”.

“Nós estamos orgulhosos em abrigar uma partida de futebol que pode unir agentes de polícia com membros da comunidade imigrante na esperança que isso se torne uma relação de confiança e respeito mútuos. O mais importante, nós queremos enviar uma mensagem clara: Não importa se você imigrou para os EUA há 1 ano ou sua família chegou há 10 gerações, o NYPD está aqui para servi-lo e protege-lo”, disse Kenneth Corey, chefe do NYPD.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend