Policial brasileiro em Chicago morre em queda nos Alpes Franceses

Foto22 Pedro Vianna 002 Policial brasileiro em Chicago morre em queda nos Alpes Franceses
Faixa preta em jiu-jitsu, Pedro Vianna, de 43 anos, era membro da SWAT do Departamento de Polícia de Chicago

Pedro Vianna, de 43 anos, treinava escalada na região de Chamonix, onde caiu de uma altura de 20 metros, sofrendo parada cardíaca

No domingo (27), Pedro Vianna, de 43 anos, natural do Rio de Janeiro (RJ), agente da SWAT do Departamento de Polícia de Chicago (CPD), morreu durante uma escalada nos Alpes Franceses. O trágico acidente ocorreu no vilarejo Chamonix. Ele e o irmão, Daniel Vianna, eram sócios na academia de Jiu-Jitsu Vianna Brothers, em Illinois. Pedro tornou-se policial em 2014.

Conforme a Rádio Internacional França (RFI), Pedro participava de um curso de escalada em Les Gaillands, um local usado como área de treinamento do esporte, na região de Chamonix. O brasileiro teria caído de uma altura de 20 metros, sofrendo parada cardíaca e morrendo no local. Ele era casado com uma brasileira e o casal tem uma filha.

A morte súbita de Vianna abalou parentes, amigos e colegas de trabalho, pois ele era faixa-preta em jiu-jitsu, com experiência em paraquedismo, escalada e outros esportes. Pedro acrescentou no bairro litorâneo do Leme, estudou no Colégio Andrews, no bairro vizinho de Botafogo, e treinou na academia de Carlson Gracie, em Copacabana. Com o divórcio dos pais, a mãe, com nacionalidade dos EUA, decidiu mudar-se para Chicago (Ill.). No início, ele dividia o tempo entre o Brasil e os EUA, até decidir montar uma academia na Terra do Tio Sam, a qual administrou durante quase 10 anos, antes de entrar para a polícia e iniciar sociedade com Daniel. Atualmente, a Vianna Brothers é referência do Jiu-Jitsu brasileiro na região metropolitana de Chicago.

Pedro Bianna iniciou nas artes marciais ao 7 anos de idade quando praticava judô e desde então, nunca mais parou. Aos 13 anos, iniciou nas aulas de autodefesa, gerando o interesse em lutas e, posteriormente, no treinamento de jiu-jitsu. Em 1991, aos 15 anos, ele juntou-se ao Carlson Gracie Academy com Carlson Gracie Jr. e Marcelo Alonso como mestres dele. Em 1999, ele conquistou o cinturão marrom. Entre 1997 e 1999, ele era dono da Academia Leme Jiu-Jitsu, onde ele ensinava sob a tutela de Carlson Gracie Jr.

Em 1999, Pedro mudou-se para Chicago e tornou-se o instrutor principal da Carlson Gracie Jr. School. Neste mesmo ano, ele começou a praticar MMA. Em 2000, ele graduou-se faixa preta, sob a tutela de Carlson Gracie Jr. e Marcelo Alonso. No ano seguinte, ele retornou ao Brasil para juntar-se ao Brazilian Top Team, onde ele lecionou até junho de 2004. Atualmente, ele vivia em Chicago, onde tornou-se policial e sócio na Vianna Brothers Brazilian Jiu-Jitsu Academy.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend