Policial é suspenso por entregar motorista ao ICE

Foto7 Edwin Roessler Jr Policial é suspenso por entregar motorista ao ICE
“O nosso policial violou nossa política antiga e privou uma pessoa de sua liberdade, o que é inaceitável”, disse Roessler

Num acidente de trânsito, em 21 de setembro, o policial notou que um dos motoristas não tinha carteira de motorista da Virgínia

Um policial na Virgínia foi suspenso depois de entregar às autoridades de imigração (ICE) um motorista procurado por não ter comparecido à uma audiência de deportação, informaram as autoridades na terça-feira (1). Uma investigação policial interna foi iniciada depois que o agente, ao lidar com um acidente de trânsito em 21 de setembro, notou que um dos motoristas não tinha carteira de motorista do estado, informou o chefe de polícia do Condado de Fairfax, Edwin Roessler Jr.

Quando o policial vasculhou as informações do motorista, ele descobriu que a pessoa era procurada pelo Departamento de Alfândega & Imigração (ICE) através de um mandado por não comparecer a uma audiência de deportação, detalhou Edwin.

O policial entrou em contato com um agente da ICE, deteve o motorista e depois entregou a custódia ao agente que chegou ao local do acidente, acrescentou.

Desde 2007, o Departamento de Polícia proibiu os policiais de prender as pessoas com base somente em uma violação da lei de imigração, segundo o comunicado. Os policiais receberam treinamento que “reforça ao nosso pessoal que não impomos nem detemos por mandados administrativos e não temos autoridade para impor a lei federal”, afirmou Roessler.

Inúmeras jurisdições nos EUA têm políticas semelhantes que limitam os governos locais e as forças policiais de cooperar com as autoridades federais de imigração. Críticos, incluindo o Presidente Donald Trump, alegam que essas regras colocam em risco a segurança pública, enquanto os apoiadores argumentam que promovem a confiança entre as comunidades imigrantes e as autoridades.

“O nosso policial violou nossa política antiga e privou uma pessoa de sua liberdade, o que é inaceitável”, disse Roessler. “Nosso município é um dos municípios mais etnicamente diversos do país, portanto, ninguém deve ter a percepção de que o Departamento de Polícia do Condado de Fairfax está agindo como um agente do ICE”.

O motorista entregue ao agente da ICE na Virgínia foi libertado após 3 horas e recebeu um monitor de tornozelo, detalhou Edwin, citando a ICE.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend