Prefeito anuncia serviços médicos para indocumentados em NYC

Foto3 Bill de Blasio Prefeito anuncia serviços médicos para indocumentados em NYC
“Os serviços de saúde são um direito; não um privilégio reservado a somente quem possa pagar”, disse o Prefeito Bill de Blasio (dir.) (Foto: NYC.gov)

O programa cobrirá os 600 mil nova-iorquinos sem seguro de saúde ao fortalecer as opções de serviços públicos, o MetroPlus

Na quarta-feira (9), o Prefeito Bill de Blasio anunciou que a administração dele lançará o plano mais amplo dos EUA para garantir serviços médicos e de saúde mental a todos os moradores na cidade de Nova York. O programa cobrirá os 600 mil nova-iorquinos sem seguro de saúde ao fortalecer as opções de serviços públicos, o MetroPlus, e garantindo que todos aqueles que não qualificam para o benefício, incluindo os imigrantes indocumentados, tenham acesso direto ao NYC Health, médicos em hospitais, farmácias e serviços de saúde mental e tratamento contra a dependência química através do novo programa chamado NYC Care. Tal programa também inclui uma linha telefônica de atendimento aos clientes que ajudará os nova-iorquinos, independente de seguro de saúde, marcar consultas com clínicos gerais, cardiologistas, pediatras, ginecologista e todo o espectro de serviços de saúde. Os valores cobrados pelos serviços variam com o objetivo de permitir o acesso a todos.

“Os serviços de saúde são um direito; não um privilégio reservado a somente quem possa pagar”, disse Blasio. “Enquanto o governo federal trabalha para cortar os serviços de saúde para milhões de americanos, New York City lidera garantindo que todos os nova-iorquinos tenham acesso à qualidade, acesso amplo aos serviços, independendo do status migratório ou capacidade de pagamento”.

“Hoje, com a divulgação do NYC Care, New York City lidera novamente o resto da nação ao oferecer serviços de saúde mental”, disse a primeira dama Chirlane McCray. “Garantir cuidados de saúde significa garantir cuidados de saúde mental e tratamento contra o álcool e vício em drogas. Nenhuma outra cidade ou estado oferecer amplamente esses serviços a todos os residentes”.

“Nós temos as ferramentas e a oportunidade de garantir cuidados de saúde a todos os nova-iorquinos”, disse a diretora interina do Departamento de Saúde & Serviços Humanos, Hermínia Palácio. “Os nova-iorquinos que não puderem se matricular ou não têm condições financeiras de adquirir um seguro de saúde terá agora acesso a serviços amplos e voltados aos pacientes através do NYC Care. Ao mesmo tempo, nós aumentaremos os esforços de inscrição no MetroPlus. Hoje, nós celebramos o compromisso incansável da nossa cidade em oferecer acesso a serviços de saúde de alta qualidade”.

“Expandir o acesso aos serviços de saúde é a base para eliminar as disparidades na saúde em nossa cidade”, disse o comissário de saúde, o Dr. Osiris Barbot. “O Affordable Care Act iniciou esse caminho, mas é hora de concluir o trabalho. New York City está orgulhosa de liderar essa caminhada. Eu estou aqui com o Prefeito de Blasio hoje ao declarar que os serviços de saúde são direitos de todos e não um privilégio somente para aqueles que possam pagar”.

O NYC Care será lançado no verão de 2019 e se expandirá geograficamente, começando no Bronx. Ele estará disponível a todos os nova-iorquinos até 2021. O programa custará pelo menos US$ 100 milhões anuais quando tiver totalmente implantado. Além disso, o MetroPlus anunciará uma série de melhorias ao longo de 2019.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend