Professora é presa por fazer sexo com aluno de 15 anos

%name Professora é presa por fazer sexo com aluno de 15 anos
Ellarea Silva, de 34 anos, foi presa após uma investigação conjunta do Departamento de Polícia de Zachary e do escritório do xerife de East Baton Rouge Parish (Foto: ZPD)

Ellarea Silva, de 34 anos, foi detida, sem direito à fiança e supostamente fez sexo com adolescente enquanto o próprio filho dela estava em casa

Uma professora do ensino médio da Louisiana é acusada de fazer sexo várias vezes com uma estudante de 15 anos em sua casa. Os encontros teriam ocorrido enquanto o próprio filho dela também estava na residência, disseram as autoridades.

Ellarea Silva, uma professora de ciências de 34 anos da Northwestern Middle School em Zachary, se rendeu aos policiais na quinta-feira (6); depois que surgiram alegações de que ela fez sexo com o adolescente 8 ou 9 vezes no verão passado em sua casa. Na ocasião, o filho dela também estava presente no imóvel, conforme o relatório de prisão obtido pelo canal de TV local WAFB.

Silva, que foi afastada do trabalho em 24 de janeiro, enviou inicialmente ao adolescente um e-mail através de sua conta escolar antes que os dois começassem a se comunicar usando seus e-mails pessoais “para que a escola não pudesse rastrear” os diálogos, detalhou um detetive.

A professora então enviou fotos e vídeos de nus para o adolescente, escondendo intencionalmente o rosto nas filmagens, revela um relatório de prisão. Posteriormente, ela começou a pegar de carro o adolescente na casa dele em Zachary e voltar para a residência dela, onde fizeram sexo. Silva também é acusado de dar ao garoto um cigarro eletrônico que pode ter contido THC (nicotina), disseram as autoridades.

Em um momento, o adolescente disse a Silva que queria tornar público o relacionamento deles, mas a educadora pediu que ele reconsiderasse a ideia, relata o WBRZ.

“(Silva) pediu à vítima para não divulgar (o relacionamento) devido ao fato de que isso afetaria a carreira e família dela”, relata um relatório de prisão.

Silva foi presa após uma investigação conjunta do Departamento de Polícia de Zachary e do escritório do xerife de East Baton Rouge Parish, informaram funcionários da escola através de um comunicado.

“Imediatamente, quando isso foi levado ao nosso conhecimento, denunciamos à polícia e colocamos o funcionário em licença administrativa”, disse o superintendente das escolas de Zachary, Scott Devillier, ao WAFB em comunicado. “Ninguém está encobrindo nada, nem varrendo nada para debaixo do tapete. Estamos seguindo a lei; e não posso comentar além dessa informação”.

A polícia soube das acusações em 24 de janeiro, no mesmo dia em que Silva foi afastada. Ela enfrenta várias acusações, incluindo comportamento indecente envolvendo um adolescente, relacionamento carnal criminoso com um adolescente e agressão com sexo oral. Na sexta-feira (7), a professora foi detida sem direito à fiança na Penitenciária East Baton Rouge Parish Prison, mostram registros.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend