Projeto de muro na fronteira com o México recebe verba de US$ 145 milhões

Foto21 Muro na fronteira Projeto de muro na fronteira com o México recebe verba de US$ 145 milhões
Além disso, a área também será equipada com tecnologia de detecção e câmeras de vigilância

A construção, no Setor do Vale do Rio Grande, terá 6 milhas (9.6 km) de comprimento e as obras começarão em fevereiro de 2019

Na quarta-feira (31), o projeto de construção de um muro ao longo de uma parte da fronteira do Texas com o México recebeu a verba de US$ 145 milhões. A informação foi divulgada na sexta-feira (2) pelo Departamento de Alfândega & Proteção da Fronteira (CBP). O órgão, com a Corporação de Engenheiros das Forças Armadas (ACE), concedeu a licitação à empresa SLSCO, localizada também no Setor do Vale do Rio Grande, para a construção de 6 milhas (9.6 km) de cerca.

O início do projeto, batizado pelo CBP de RGV-03, está agendado para ter início em fevereiro de 2019, informou o órgão. Entre outros trabalhos, está a construção de “estrutura tática”, a qual inclui barreiras de concreto reforçadas para apoiar as estruturas já existentes, placas de 18 pés (5.4 metros) instaladas no topo do muro de concreto e remoção da vegetação ao longo da zona de 150 pés (45.7 metros) de diâmetro ao longo das 6 milhas de comprimento do muro”, detalhou um comunicado.

Além disso, a área também será equipada com tecnologia de detecção e câmeras de vigilância. O Setor do Vale do Rio Grande possui “atividades clandestinas intensas”, segundo o CBP.

“Uma vez construído, esse muro servirá como uma barreira frequente contra as organizações criminosas transnacionais, ao mesmo tempo em que permitirá o acesso ao rio pelos proprietários de terras, autoridades municipais, estaduais e federais, equipes locais de socorro e patrulheiros”, informou o órgão.

“O CBP continua a implantar a Ordem Executiva 13767 do Presidente Trump; também conhecida como Melhoria da Segurança na Fronteira e Cumprimento da Imigração, e continua a dar passos contínuos ao planejamento, desenho e construção de um muro físico utilizando tecnologia e material apropriado para atingir de forma mais efetiva o controle operacional completo da fronteira sul”, acrescentou.

O pronunciamento do CBP ocorreu depois que uma caravana formada por imigrantes centro-americanos ruma em direção da fronteira do México com os EUA e o Presidente Trump revelou planos de enviar mais patrulheiros à fronteira sul do país.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend