Psicóloga brasileira atende imigrantes online ou pessoalmente nos EUA

%name Psicóloga brasileira atende imigrantes online ou pessoalmente nos EUA
A psicóloga Cláudia Ribas frisou que a depressão, mal que acomete inúmeros imigrantes, é uma condição que deve ser levada a sério

Cláudia Ribas tem mestrado em Psicologia pela NYU e PhD honorário pela Southern California University for Professional Studies

Morando há pouco mais de 3 décadas nos EUA, a psicoterapeuta Cláudia Ribas, natural do Rio de Janeiro (RJ), atende a comunidade brasileira há aproximadamente 17 anos. Ainda na juventude, ela fez intercâmbio cultural na Califórnia, após retornar ao Brasil, a readaptação foi difícil e ela, então resolveu se radicar nos EUA. Com bacharelado pela Pontifica Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e Manhattanville College, ela concluiu um mestrado em Psicologia pela Fairfield University e outro mestrado na mesma área pela New York University (NYU). Além disso, Cláudia tem PhD honorário pela Southern California University for Professional Studies.

Com 3 anos de formação analítica, Cláudia atende os pacientes pessoalmente em seu consultório na cidade de Charlotte (NC) ou online através do DoxMe.com (Hippa). Ela trabalha com adultos (18+), adolescentes (16+). A área de especialização dela é a depressão, ansiedade, bipolaridade, problemas de relacionamentos com a família, amigos ou cônjuge, além de treinamento em adaptação a uma nova cultura e mudança de pais.

“Todos nos temos o direito de ser felizes. Sou formada na New York University e clínico há 17 anos. É uma magica ver os meus clientes crescerem e se desenvolverem para melhor. Além disso, tenho 3 anos de formação analítica, uso a técnica CBT e tenho um estilo eclético pois acredito que cada um de nós somos únicos e  uma fórmula não serve para todos”, explica ela no site www.claudiaribaslifecoaching.com.

. Imigração:

Outro campo de atuação de Ribas é a preparação do relatório psicológico para imigrantes que estão em processo de deportação e solicitam o “Deportation Waiver”, ou seja, a avaliação do impacto psicológico, material e físico que ocorreria na família, caso a pessoa seja deportada. A brasileira também é especializada em imigrantes que são residentes legais permanentes (green card)  e solicitam a isenção da entrevista em inglês durante o processo de aquisição da cidadania dos EUA e casos de asilo.  Vale frisar que o Departamento de Cidadania & Serviços Migratórios (USCIS) possui requisitos bastantes específicos no formulário N-648 (Medical Certification for Disability Exceptions), portanto, ele deve ser preenchido por um profissional qualificado e competente.

Além da psicoterapia, outra especialidade de Cláudia é o “Life Choaching”, o qual ajuda os pacientes a atingirem objetivos, melhorarem o relacionamento interpessoal, seja no ambiente de trabalho ou em casa.

“Está se sentindo ansiosa, preocupada, deprimida, exausta sem entender por quê? Está com problemas de comunicação com a família, os amigos, colegas de trabalho. A vida esta sem sentido, você não gosta mais do seu trabalho? Talvez, seja hora de procurar ajuda profissional. Juntos nos faremos essa jornada e encontraremos um caminho mais saudável, com menos pressão pra viver. Todos nos temos o direito de ser felizes”, diz Ribas em seu website (www.claudiaribaslcsw.com).

. Alerta à depressão:

Durante entrevista à reportagem do BV, Cláudia alertou que a depressão, mal que acomete inúmeros imigrantes, é uma condição que deve ser levada a sério, entretanto, por questões culturais, muitos deles têm “vergonha” de buscar ajuda profissional. A distância da família, solidão, choque cultural, barreira do idioma, dificuldades no convívio profissional, entre outros fatores, podem levar ao estado de depressão, que muitas vezes resulta em dependência química como válvula de escape ou até o suicídio.

Cláudia Ribas pode ser contatada através do tel.: (914) 261-0596 ou do e-mail: [email protected]

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend