Psicóloga presta assistência aos brasileiros afetados pela chacina em Parkland

Foto14 Nikolas Cruz Psicóloga presta assistência aos brasileiros afetados pela chacina em Parkland
Expulso da escola, Nikolas Cruz matou a tiros de rifle 17 estudantes e professores na Marjory Stoneman Douglas High School, em Parkland (FL)

Virna Moretti conversou com cerca de 20 famílias cujos filhos são alunos na Marjory Stoneman Douglas High School

Na sexta-feira, 16 de fevereiro, a psicóloga do Consulado-Geral, Virna Moretti, prestou assistência para cerca de 20 famílias brasileiras cujos filhos estudam na Marjory Stoneman Douglas High School, em Parkland.

O evento foi organizado em parceria com o Centro Comunitário Brasileiro (CCB) e o grupo SOS Família. O Embaixador, Cônsul-Adalnio Senna Ganem, e o chefe do Setor de Assistência para Brasileiros, Cônsul-Adjunto Eduardo Galvão, também participaram da reunião com as famílias brasileiras afetadas pelo tiroteio ocorrido na quarta-feira, 14 de fevereiro. “Queria trazer uma palavra de conforto e solidariedade. Vocês passaram um momento muito difícil, uma situação de grande estresse e angústia. O Consulado-Geral está à disposição de todas as famílias. Estamos sempre tentando aperfeiçoar nossos serviços e prestar apoio para comunidade brasileira na Flórida da melhor forma possível”, declarou o Embaixador.

Durante o encontro, realizado no Centro de Convenções do Fort Lauderdale Marriott Coral Springs Hotel, a psicóloga falou a respeito de como conversar com as crianças e os adolescentes depois de uma tragédia. O Consulado-Geral mantém telefone de plantão consular e dispõe de Setor de Assistência a Brasileiros para prestar apoio às famílias brasileiras.

O Consulado-Geral pode ser contatado por meio do Setor de Assistência aos Brasileiros pelos telefones: (305) 285-6258, (305) 285-6251 e (305) 285-6208 ou pelo e-mail: [email protected]. Fora do horário de expediente o Consulado mantém serviço de plantão, exclusivamente para os casos de comprovada emergência (falecimento, hospitalização e prisão), por meio do telefone: (305) 801-6201.

Para agendar um horário com a psicóloga, envie mensagem para [email protected] ou entre em contato com o Setor de Assistência a Brasileiros.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend