Sete novas leis afetarão a vida dos moradores de NJ em 2018

Foto25 Notas de dolar 1 1 Sete novas leis afetarão a vida dos moradores de NJ em 2018
Ainda é cobrado o imposto de beneficiários não descendentes lineares que herdarem propriedades e dinheiro depois da morte de alguém

O Estado Jardim não cobrará imposto sobre herança recebida, entre outras mudanças

O ano novo trará novas leis em New Jersey e cortes nos impostos, o aumento da hora mínima trabalhada estão entre elas. O Estado Jardim continua a efetuar mudanças fiscais que o Governador Chris Christie e a Legislatura concordaram em 2016 como parte das negociações sobre o aumento do imposto sobre a gasolina e a injeção de verba no fundo de transportes. Importante, New Jersey não é mais um dos 2 estados que coleta um tipo de imposto estadual e cobra impostos sobre heranças. Desde segunda-feira (1), Maryland é o único. Seguem abaixo 7 leis novas que afetarão os moradores em New Jersey a partir de 1 de janeiro:

  1. O aumento do valor da hora mínima trabalhada: A hora no Estado Jardim aumentou US$ 0.16 para US$ 8,60 em 2018. Tal aumento teve como base o aumento pequeno no index de preços dos consumidores, que segundo emenda constitucional é usado para ajustar as horas todos os anos. A hora aumentou de US$ 8,38 em 2016 para US$ 8,44 em 2017.
  2. Novas datas de vencimento para as carteiras de motorista: Segundo a lei nova, as carteiras de motoristas vencerão a cada 4 anos nas datas de aniversário de seus portadores. No passado, as carteiras venciam no último dia do mês a cada 4 anos. A mudança acabará com as longas filas para a renovação do documento no final de cada mês.
  3. Corte no imposto sobre vendas: A aprovação do aumento do imposto sobre a venda de combustível inclui a diminuição do imposto sobre a venda de mercadorias. Este é o segundo corte. O imposto caiu de 7% para 6.8% em 1 de janeiro de 2017 e para 6.6% na segunda-feira (1).
  4. Cancelamento do imposto sobre herança: A partir de segunda-feira (1), foi cancelado o imposto que incidia sobre heranças. No início de 2017, a isenção concedida havia aumentado de US$ 675 mil para US$ 2 milhões. Agora, o imposto não é mais cobrado. Importante: O Estado ainda cobra tal imposto de beneficiários não descendentes lineares que herdarem propriedades e dinheiro depois da morte de alguém.
  5. Cancelamento do limite de aumento do salário para funcionários de segurança pública: O limite de 2% no aumento de salário que policiais e bombeiros possam vencer nos tribunais expirou no final de 2017. Uma análise do limite de 2% realizada no outono revelou que ele economizou US$ 530 milhões para os contribuintes com os salários de policiais e bombeiros, entretanto, sindicalistas e democratas consideraram o estudo unilateral e incompleto.
  6. Descontos fiscais nas pensões de aposentados: O acordo do imposto sobre a venda de combustíveis inclui no aumento gradativo ao longo de 5 anos da isenção fiscal para os aposentados. O limite para um casal que declara junto o imposto de renda para começar a pagar o imposto estadual pulou de US$ 40 mil para US$ 60 mil em 2018. Para uma pessoa casada que declara sozinha o limite aumenta de US$ 20 mil para US$ 30 mil em 2018. Para indivíduos, o aumento foi de US$ 30 mil para US$ 45 mil em 2018.
  7. Aulas sobre o perigo de envenenamento por monóxido de carbono para motoristas: A partir de 2018, as aulas para os candidatos à carteira de motorista incluirão o perigo de envenenamento por monóxido de carbono emitido pelos motores dos veículos. O Rosa-Bonilla Family Act foi aprovado depois que uma mulher e dois filhos dela, de 1 e 3 anos, morreram de envenenamento por monóxido de carbono em janeiro de 2016.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend