Três brasileiros são presos durante batidas do ICE em New Jersey

Foto29 ICE Três brasileiros são presos durante batidas do ICE em New Jersey
Entre os detidos durante a operação, 90% tinham antecedentes e/ou pendências criminais (Foto: ICE)

Os agentes detiveram 123 estrangeiros com prisões anteriores ou condenações por dirigir sob a influência de álcool ou drogas (DUI)

Um mexicano que foi deportado anteriormente, com condenações por abuso sexual de menor e dirigir intoxicado (DUI), está entre os 123 estrangeiros detidos durante uma operação de 1 mês conduzida pelo Departamento de Imigração (ICE) em New Jersey . A operação, que foi liderada pelo Setor de Remoções & Cumprimento das leis (ERO) teve como alvo os criminosos estrangeiros, deportados que reentraram clandestinamente nos EUA e outros infratores que foram presos anteriormente ou condenados por dirigirem embriagados. Entre os detidos durante a operação, 90% tinham antecedentes e/ou pendências criminais.

“Os resultados destacam o compromisso contínuo do ICE com a segurança pública”, disse John Tsoukaris, diretor do ERO em Newark. “Esta operação se concentra na prisão de indivíduos condenados por crimes graves e representam ameaça à segurança pública. Por causa dos esforços desses oficiais, há menos 123 criminosos em nossas comunidades”.

A operação foi apoiada pelo Homeland Security Investigations (HSI) do ICE, sob a direção do agente especial Brian Michael e da Patrulha da Fronteira (CBP), sob a direção de Troy Miller, diretor da jurisdição de Nova York.

Esses indivíduos entrarão em processo de deportação perante um juiz de imigração e aqueles que tiverem ordem final de deportação serão tomadas as providências para removê-los dos EUA.

As pessoas detidas em New Jersey são naturais do Brasil (3), Costa Rica (3), República Dominicana (1), Equador (16), El Salvador (8), Guatemala (24), Honduras (14), Jamaica (1), México (41), Nicarágua (1), Peru (6), Polônia (2), Espanha (2) e Trinidad (1).

Esses indivíduos foram presos nos seguintes condados em New Jersey: Bergen (4), Burlington (4), Camden (4), Cumberland (9), Essex (13), Hudson (8), Mercer (10), Middlesex (14), Monmouth (12), Morris (10), Ocean (3), Passaic (2), Somerset (6) e Union (23). Além disso, um (1) indivíduo foi preso na Pensilvânia.

As idades dos detidos variam de 19 a 56 anos e a grande maioria foi presa ou anteriormente condenada por dirigir sob influência (DUI). Algumas pessoas também tiveram prisões ou condenações por abuso sexual contra menores, abuso infantil, posse de narcóticos, distribuição de narcóticos, fraude, cativeiro ilegal, violência doméstica, porte de arma, agressão com agravantes, resistência à prisão, perigo ao bem-estar de uma criança, fraude, promoção de jogos de azar, furto em lojas, roubo, falsificação e reentrada ilegal.

Entre os presos estão: Em Red Bank, um mexicano de 30 anos de idade, condenado por dirigir embriagado e pôr em risco o bem-estar de uma criança; em Princeton, um guatemalteco de 38 anos de idade já deportado e que tem condenações por agressão com agravantes e posse ilegal de arma; em Morristown, um hondurenho de 50 anos de idade, condenado por dirigir embriagado e agressão; em Newark, um peruano de 41 anos, condenado por dirigir embriagado, distribuição de maconha, furto em lojas e promoção de jogos de azar; em Somerset, um mexicano de 32 anos de idade, condenado por dirigir embriagado, abuso e negligência de uma pessoa; em Plainfield, um equatoriano de 42 anos de idade, anteriormente deportado, que tinha uma condenação anterior abuso sexual e uma recente prisão por dirigir embriagado; em West Nova York, um hondurenho de 27 anos de idade, já deportado, condenado por cativeiro ilegal, risco de lesões corporais graves e ordens de prisão por dirigir embriagado, violência doméstica e conduta desordeira. Em Neptune, um mexicano de 39 anos, condenado por dirigir embriagado, abuso sexual de menor e agressão física; em Hamilton, um mexicano de 38 anos de idade, anteriormente deportado, condenado por dirigir embriagado e abuso sexual de menor.

Os agentes do ICE realizam operações de fiscalização todos os dias em locais em todos os EUA como parte dos esforços contínuos da agência para proteger a nação, manter a segurança pública e proteger a integridade das leis de imigração e controles das fronteiras.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend