Trump critica prefeita que alertou indocumentados sobre batidas do ICE

Foto15 Donald Trump e Libby Schaaf Trump critica prefeita que alertou indocumentados sobre batidas do ICE
Em reunião na Casa Branca, Trump (esq.) criticou a Prefeita Libby Schaaf (dir.) por ter alertado indocumentados sobre batidas do ICE

O alerta de Libby Schaaf fez com que centenas de indocumentados se escondessem para evitar a captura

Na quinta-feira (8), o Presidente Donald Trump criticou a prefeita de Oakland (CA), Libby Schaaf, por ter alertado os imigrantes indocumentados que vivem na cidade que o Departamento de Imigração (ICE) planejava uma série de batidas na região.

“O que a prefeita de Oakland fez outro dia foi uma desgraça”, disse Trump durante uma reunião na Casa Branca.

O alerta de Schaaf fez com que centenas de indocumentados se escondessem para evitar a captura. “Onde eles (agentes) tinham quase mil pessoas, prontas para serem detidas, a prefeita de Oakland saiu, saiu e avisou a todos eles para se espalharem. Então, ao invés de prender um mil, eles levaram uma fração disso, cerca de 150”, disse Trump com relação ao resultado da operação que durou 4 dias na semana passada.

A crítica do Presidente ocorreu um dia depois que o Promotor de Justiça Jeff Sessions também criticou Schaaf e o estado da Califórnia, o qual o Departamento de Justiça (DOJ) acionou judicialmente devido à adoção das políticas estaduais santuário que protege inúmeros indocumentados das autoridades federais. Na quinta-feira (8), a Prefeita respondeu às críticas postando no Twitter um comunicado da Conferência dos Prefeitos dos Estados Unidos que apoia a atitude tomada por ela e ataca Sessions.

“A decisão do Promotor de Justiça de novamente ameaçar os prefeitos e demonizar as nossas comunidades imigrantes somente fortalece a nossa decisão em lutar por aquilo que é justo no cumprimento das leis municipais”, disse Tom Cochran, líder da entidade.

“A Conferência dos Prefeitos dos Estados Unidos se posiciona firmemente a favor dos prefeitos de toda a Califórnia”, acrescentou Schaaf no Twitter.

O governador da Califórnia, Jerry Brown, criticou a Casa Branca com relação à ação judicial de Sessions, considerando-a malabarismo político e disse que a administração atual estava “repleta de mentirosos” e que o conselheiro especial Robert Mueller estava “fechando o cerco” no Presidente.

A administração atual tem priorizado a detenção e deportação dos imigrantes indocumentados como parte da postura radical de Trump na imigração.

Related posts

Comentários

Send this to a friend