Trump faz imigrantes pagar tarifas em pedidos de asilo

Foto25 Donald Trump  Trump faz imigrantes pagar tarifas em pedidos de asilo
Trump tenta mobilizar a base eleitoral dele antes da disputa pela reeleição presidencial em 2020

O Presidente determinou que seja cobrado um valor mas aplicações e que os solicitantes de asilo não tenham direito à permissão de trabalho

Através de um memorando emitido na noite de segunda-feira (29), o Presidente Donald Trump ordenou mudanças na política de asilo, incluindo a cobrança de tarifas daqueles que aplicam para refúgio humanitário nos EUA. A diretriz de Trump também exige o endurecimento nas regras de asilo ao impedir que qualquer pessoa que cruze clandestinamente a fronteira obtenha permissão de trabalho e concede aos tribunais o limite de 180 dias para julgarem casos de asilo, que atualmente demora vários anos.

A ordem, incluída num memorando presidencial, foi emitida enquanto o Presidente busca mobilizar a base eleitoral dele focalizando na imigração clandestina antes da campanha de reeleição dele em 2020.

“Se os democratas não nos derem os votos para mudar as nossas leis de imigração fracas, ineficazes e perigosas, nós devemos lutar duro por esses votos na Eleição de 2020!” Postou Trump no Twitter, após a Casa Branca ter publicado a ordem dele.

A onda de imigrantes oriundos da América Central chegando à fronteira do México com os EUA tem frustrado a administração Trump, que vem tentando vários métodos para impedir o fluxo, todos eles fracassados. As mudanças propostas no sistema de asilo visam corrigir um dos aspectos mais polêmicos da onda: Famílias buscando travessia segura utilizando antigas proteções legais dos EUA. Mais de 103 mil imigrantes cruzaram a divisa entre os EUA e México em março, o nível mais alto em mais de uma década. Aproximadamente, 60% eram pais naturais da América Central viajando com filhos que, após chegada ao solo dos EUA possuem o direito legal de pedir asilo para fugir da perseguição.

O fluxo enorme de imigrantes superou a capacidade do governo de mantê-los detidos e processar rapidamente os pedidos de asilo. Adultos que chegam com crianças são agendados para comparecer à audiência e são liberados no país. Eles geralmente se reúnem a parentes e trabalham enquanto os casos estão pendentes.

Nas últimas semanas, Trump tem debochado cada vez mais os solicitantes de asilo, considerando-os falsários que querem enganar o sistema ao inventar estórias para ficarem nos EUA. Embora os índices de homicídio na América Central estejam entre os mais altos no mundo, muitos dos imigrantes reconhecem que estão fugindo da pobreza e falta de esperança em seus países de origem; o que não são válidos para pedidos de asilo.

“Solicitantes genuínos de asilo, por definição, fogem em circunstâncias mais urgentes”, disse David A. Martin, antigo conselheiro interino do Departamento de Segurança Nacional (DHS). “Enquanto grupo, eles tendem a ter pouquíssimos recursos. Se você está realmente mantendo aberta a possibilidade de refúgio para as pessoas que legalmente qualificam, você não imporia uma barreira ou tarifa”.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend