Vice-prefeito compara indocumentados a “guaxinins” e Trump a “exterminador”

Foto23 Rick Blood Vice prefeito compara indocumentados a “guaxinins” e Trump a “exterminador”
O vice-prefeito Rick Blood, de Mendham, durante a campanha eleitoral em 2017 (Foto: Facebook)

Rick Blood alegou que não escreveu a postagem no Facebook, mas que a copiou de outra pessoa

O vice-prefeito republicano da cidade onde o ex-governador Chris Christie mora está se desculpando por uma postagem no Facebook na qual compara os imigrantes indocumentados a guaxinins num porão e elogia o Presidente Trump como o exterminador. Rick Blood, de Mendham Township, que também atua como diretor de trabalhos públicos em Roxbury, alegou que não escreveu os 8 parágrafos, mas que copiou de outra pessoa, quem evitou revelar o nome, antes de postá-los em sua página no Facebook, na manhã de domingo (11).

Versões da postagem vêm circulando entre os simpatizantes de Trump há mais de 2 anos e é parecido com os comentários feitos em abril de 2016 por Carl Paladino, chefe adjunto da equipe de campanha dele em Nova York. Blood disse que removeu a postagem na noite de domingo depois de receber críticas e postou um pedido de desculpas.

“A minha posição é que a imigração precisa ser consertada”, disse Blood, acrescentando que tentava explicar porque os apoiadores de Trump, como ele mesmo, apoiam o Presidente. “Nós precisamos deles em todos os níveis da sociedade, desde boias-frias nas fazendas aos profissionais de tecnologia. Nós precisamos fazer isso de forma ordenada”.

A única democrata e membro do Comitê Municipal de Mendham, Amália Duarte, não aceitou a explicação de Blood e denunciou a retórica “divisora e degradante” na segunda-feira (12).

“Não há desculpas para publicar aquela postagem , não importando se foi copiada e colada, pois compara os imigrantes a guaxinins num porão”, rebateu Duarte, cujos pais imigraram da República Dominicana.

Em dezembro de 2017, Blood foi indicado para preencher uma vaga no Comitê Municipal de Mendham Township; um mês depois de perder a disputa por uma vaga disponível com Duarte. Essa foi a primeira vez que na história recente que um democrata foi eleito na prefeitura liderada por republicanos no Condado de Morris.

Em janeiro, Blood foi nomeado o vice-prefeito de Mendham Township, cujos 6 mil residentes incluem Christie. Ele, na postagem seguinte, se desculpou e alegou que a intenção dele “era ilustrar, embora de forma polêmica, uma das razões pelas quais o nosso Presidente foi eleito”.

Numa entrevista, Blood disse que não achava que os imigrantes indocumentados que foram trazidos aos EUA ainda na infância deveriam ser deportados; embora a administração Trump tenha cancelado o programa Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA), em setembro do ano passado, e o Congresso não conseguiu incluído na aprovação do orçamento fiscal, na sexta-feira (9).

“Eles fizeram tudo, exceto passar pela maternidade”, disse Blood.

Ele detalhou que os avós imigraram da Irlanda e chegaram a Ellis Island (NY).

Duarte rebateu o pedido de desculpas de Blood postando: “O que faz esse país grande é a diversidade da nossa nação”.

“Essa falácia de que as pessoas sempre chegaram aqui pelos canais apropriados é incorreta. É incrivelmente frustrante que o nosso vice-prefeito não entenda isso”, concluiu ela.

Blood está servindo o mandato de 1 ano no Comitê Municipal. “Eu concorrerei novamente nessa primavera; caso sobreviva à essa bagunça”, disse ele.

Related posts

Comentários

Send this to a friend