Affair virtuoso

roupas 1024x768 Affair virtuosoCada um na sua webcam. No começo, uma gracinha aqui e outra ali. Não demorou muito, amantes remotos.

– Bota o cachecol… bota o cachecol que eu enlouqueço logo de uma vez!

– Só se você colocar antes um gorro de lã. Mas tem que ser tipo capuz de bandido, daqueles que só ficam os olhos descobertos.

– Tá, mas depois você promete que veste um casaco? Sobretudo é meu fetiche, sabia? Já te falei isso? Então. Quero três casacões bem grossos e felpudos, um em cima do outro, até você ficar curvado de tanto peso, sem poder mexer os braços e sem nenhum poro do corpo descoberto! Ui, só de pensar eu fico doidinha, doidinha. Megaexcitante!!!

– Mas como você é safada, heim?

– Então, aí você faz uma dança sensual em frente à câmera e aos poucos, bem devagarinho, vai abotoando os casacos no ritmo da música, até ficar tudo bem fechadinho até o pescoço.

– Ai, mas e se alguém resolve entrar aqui no quarto e me pega assim, vestidão – do jeito que não vim ao mundo? O que que eu vou dizer? Imagina a situação, vestido dos pés à cabeça!

– Isso é problema seu, quem mandou me provocar? Reconheça: você também está gostando…

– Sabe, um negócio que me tira do sério é marquinha de biquíni… Você bem que podia arrumar uma mala cheia deles, e ir mostrando, com essa sua carinha de sem vergonha, as etiquetas com as marcas de todos os biquínis que existem no mercado. Uau! Isso ia ser demais. Podemos fazer isso amanhã, né? Por enquanto manda uma selfie pra mim, todinha vestida. Por favor, só uma, vai…

– Esse negócio de tirar foto vestida e enviar pela net é um perigo. Aliás, dois perigos. Um hacker pode entrar nos arquivos do meu computador, achar as fotos comprometedoras e publicar. E você também, caso a gente brigue e pare com essa brincadeira, pode se vingar jogando as fotos na web.

– Então faz o seguinte, tira a foto do pescoço pra baixo, sem enquadrar o rosto… aí não vai ter jeito de alguém reconhecer você como dona do corpo cheinho de roupas. Concorda?

– Não sei, não. Vou pensar. Mesmo não mostrando o rosto, acho muito perigoso. Ainda se fosse um nudezinho inocente, mas de roupa… se algum conhecido vê, com que cara eu vou sair na rua?

– Tudo bem, então vamos parar por aqui.

– Mas logo agora que está ficando bom? Investi o que tinha e o que não tinha nessa relação, entrei em tudo que é crediário de loja, pedi dinheiro emprestado…

– Bom, então resolve o que você quer fazer. Mas uma coisa é certa: nua assim ninguém vai reparar em você. Nem na rua, nem na internet, nem em lugar nenhum.

– Tô indo. Preciso de um tempo pra refletir sobre nosso caso.

– Tá, mas e a burca? Você prometeu.

Related posts

Comentários

Send this to a friend