A dona do mundo

dona do mundo 1024x637 A dona do mundoNo futuro haverá apenas uma empresa. Com essa tendência de fusões que vem acontecendo, onde as grandes vão engolindo as pequenas, estão sobrando cada vez menos empresas. Em breve, teremos só meia dúzia.

Todos os automóveis serão produzidos pela General Motors, ou por alguma China Motors, se a GM não conseguir driblar a crise financeira atual. Para o consumidor não faz diferença, pois os carros já estão super parecidos uns com os outros. Alem do design igual, todos são pintados com a mesma cor: o cinza metálico. Ou uma variante entre o preto e o cinza claro. Você olha o trânsito de uma grande cidade e o único carro colorido, com vida, é o táxi.

Os bancos todos estarão fundidos em torno do JPMorgan. Pensando bem, acho que todos os bancos terão sido engolidos pelo HSBC, cujo nome traz a sigla de HongKong and Shanghai Banking Corporation. Informática e internet será assunto da GoogleYahooMicrosoft. Tudo o que depender de rede e microchips será propriedade do Bill Gates. Ou do Yang. A indústria do lazer, comunicação e entretenimento será comandada pela TimeWarnerAolNbcUniversalDisneyBmg. Por fim, essa meia dúzia de empresas será comprada pela mais forte economicamente.

Teremos então apenas uma empresa no mundo. Seremos todos empregados e dependentes dela. Os governos deixarão de fazer sentido, pois quem vai decidir o que pode e o que não pode será o CEO da empresa master. Será o fim da livre iniciativa, da sociedade competitiva, já que uma empresa terá finalmente vencido. Teremos chegado ao estágio mais avançado do sistema capitalista, que é o comunismo no seu estado puro.

Não haverá mais propriedade privada, pois a tal empresa terá comprado todos os imóveis. E se ela comprar tudo o que existe, obviamente será a dona do mundo. Quem quiser entrar, vai ter que pagar ingresso. É o que vai acontecer quando alguém quiser ter um filho, vai ter que pagar taxa de natalidade. Em contrapartida, não vamos precisar mais nos preocupar com emprego, saúde e educação. Tudo será bancado pela empresa.

Todo mundo vai falar inglês. Outras línguas mortas serão estudadas apenas como curiosidade. Ou será que a língua oficial será o mandarim? É possível, esqueci que a loja que mais cresce no mundo é a ChinatownStore, com seus produtos piratas e departamentos ao ar livre. Visível em Manhattan, na Canal Street, e nos camelódromos do mundo inteiro.

Related posts

Comentários

Send this to a friend