Estabelecendo metas

lair 3 Estabelecendo metas— Área Física

Nessa área, o mais importante é o seu corpo, que abriga a sua alma enquanto você viver. É preciso respeitar esse corpo, assim como cuidar dele.

Se você tivesse um cavalo de corrida que vale 1 milhão de dólares, você daria qualquer coisa para ele comer? Claro que não. Certamente, você se preocuparia em verificar se o alimento é bom, se tem bons nutrientes, contrataria um bom veterinário e assim por diante.

E o seu corpo, quanto ele vale para você? Vale mais que o cavalo de corrida? Na realidade, o valor do nosso corpo é como o valor do rei, no jogo de xadrez: não tem preço. Valor absoluto!

Você se preo­cupa com o que põe na boca do mesmo modo que se preocuparia com aquele seu cavalo de um milhão de dólares?

Geralmente, as pessoas se preocupam pouco com a nutrição e conservação do próprio corpo: comem alimentos gordurosos no bo­te­quim da esquina, comem coisas de procedência desconhecida, bebem água da torneira… Poucas pessoas respeitam o próprio corpo como deveriam.

— Área Financeira

Dinheiro, dinheiro, dinheiro. Pessoas que só pensam em dinheiro, correm o risco de enfartar quando chegam aos 40 anos de idade.

Dinheiro é importante, pois vivemos em um mundo material. Quando está preocupado em pagar as contas no final do mês, quer queira quer não, o dinheiro é impor­tante para você. Mas, apenas ganhar di­nhei­ro, não pode ser uma meta.

Uma meta financeira coerente é fazer alguma coisa no universo e, como con­se­qüência, ganhar di­nheiro.

— Área Familiar

Há pessoas que concentram suas metas na família. Só pensam na fa­mília. Nos Esta­dos Unidos, deram o nome de síndrome do ninho vazio ao transtorno sofrido por mães que vivem em função dos filhos e ficam completamente desorientadas quando eles crescem e vão embora, como é natural que aconteça.

Os filhos são muito importantes. Mas não são mais nem menos importantes do que você. Lembre-se sempre disso.

— Área Profissional

Ser bem-sucedido e realizado profissionalmente é muito importante; mas essa área, assim como as demais, não pode dominar a sua vida.

Pessoas que só pensam em trabalho acabam deixando de lado a própria vida. Isso provoca um enorme desequilíbrio, tanto físico quanto emocional. E o estresse é só uma das coisas que podem acontecer com quem coloca o trabalho acima de tudo.

— Outras Áreas

Festas, reuniões, encontros sociais… Existem pessoas que cuja vida acontece nos intervalos entre um compromisso social e outro. Talvez, enquanto saem de um almoço e se dirigem para uma reunião no clube, seja o único tempo que essas pessoas têm para ficar a sós consigo mesmas. Quem coloca a vida social em primeiríssimo plano, deveria investir algum tempo em autoconhecimento. Talvez, essa necessidade tão grande de estar com outras pessoas revele um enorme medo de ficar consigo mesmo.

Assim como existem pessoas que priorizam o social, existem aquelas que priorizam o  cultural. Sabem a enciclopédia britânica de A a Z, mas não fazem nada com esse conhecimento. Também não podemos nos esquecer da área espiritual. É importante ter uma meta espiritual, mas há pessoas que cometem exageros e chegam ao fanatismo ou à fuga da realidade.

 

Dr. Lair Ribeiro — Palestrante internacional, ex-diretor da Merck Sharp & Dohme e da Ciba-Geigy Corporation, nos Estados Unidos, e autor de vários livros que se tornaram best-sellers no Brasil e em países da América Latina e da Europa. Médico cardiologista, viveu 17 anos nos Estados Unidos, onde realizou treinamentos e pesquisas na Harvard Unversity, Baylor College of Medicine e Thomas Jefferson University.

Webpage: www.lairribeiro.com.br

e-mail: [email protected]

Tel. 0-55-11-3889.0038

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend