Notícias (velhas) do Brasil

news Notícias (velhas) do BrasilQueridos amigos:

Por aqui, vamos levando.

Esta última semana foi muito interessante. Como sempre, pegaram mais alguns políticos roubando. Tudo normal. Já faz tempo que a coisa anda assim, sem controle, a novidade é que a lama está aparecendo mais. Estão mostrando a sacanagem na TV, nos jornais e nas revistas. Acho que já é um começo. Pelo menos o povo fica sabendo onde vai parar o dinheiro dos impostos, no bolso dos espertos. Esses caras fazem na vida pública o mesmo que fazem na privada.

O mais impressionante é que ninguém vai pra cadeia.

Eu não sei o que acontece com o Brasil. Malandro de terno e gravata rouba pra cacete, milhões e milhões do nosso dinheirinho suado, todo mundo fica sabendo e ninguém é preso. Por outro lado, há poucos dias finalmente conseguiu sair da cadeia uma empregada doméstica que ficou mais de um ano trancafiada por roubar um frasco de shampoo numa farmácia. Eu disse um frasco de shampoo!!! Dá pra acreditar?

O negócio então segue o mesmo, se você for roubar tem que roubar muito. Roubar pouco dá cadeia.

Aqui no Rio de Janeiro, nossa governadora Rosinha e seu marido Garotinho, estão proibidos pela justiça de participar das próximas eleições, pois compraram votos e deram presentes nas eleições passadas. Teve até distribuição de casa a R$ 1,00 (se eu soubesse tinha ido a Campos pegar uma meia dúzia). E o cara quer ser presidente da República! Olha só que perigo.

No mais, a vida continua igual, aquilo de sempre. A gasolina tá cheia de solvente, os juros estão nas alturas, a grana cada vez mais curta e volta e meia dá um tiroteio entre a Rocinha e o Morro do Vidigal.

Ontem mesmo comecei a cavar um buraco no meu terreno pra fazer um abrigo antiaéreo. Sei lá, já tô com medo de tudo. Pelo jeito, a próxima ameaça é uma guerra com a Argentina. Esses caras são malucos, é só observar o Tevez e o Kirchner. Se perderem o jogo contra a nossa seleção pelas eliminatórias, são capazes de cometer uma loucura.

A grande vantagem que a gente tem, e da qual sempre se orgulhou, é que Deus é brasileiro. Nosso país, apesar de tudo o que acontece, é uma terra abençoada. Tem sol, praia, gente bonita e não está exposto a catástrofes da natureza, como terremotos, tsunamis e furacões.

Não estava! Acabou a moleza. Semana passada aconteceu o que faltava. Um tornado violento andou chicoteando pelo interior de São Paulo. Isso mesmo, por incrível que pareça, um tornado. E não estou falando da Flórida, eu disse Brasil – São Paulo.

Acabou-se o que era doce. Até a natureza começou a pegar pesado com a gente. Se você foi para os Estados Unidos pra ganhar a vida, fique por aí. Não volte. A coisa aqui tá preta!

Já tô pensando em fazer o mesmo. Inspirado na novela das oito, vou me mudar para a América. Vou falar com meu chefe, o Dr. Roberto Lima, pra me dar um aumento e me levar pra New Jersey como “editor assistente para assuntos aleatórios do Brazilian Voice”.

Sei lá, posso escrever uma coluna sobre vinhos, um negócio bacana, que tá na moda.

Sim, eu sei que eu não bebo, mas não espalha.

Related posts

Comentários

Send this to a friend