Musicalmente indispensável

Capa DVD Cecilia Stanzione e Mario Seve Samba Errante 741x1024 Musicalmente indispensávelA cantora e compositora argentina Cecilia Stanzione e o saxofonista, flautista e compositor carioca Mário Sève retomaram “Canción Necesaria”, CD lançado em 2011.

Desta vez as músicas compostas por Sève, com letras em espanhol de Stanzione, vêm no DVD Samba Errante (produzido pela Cineviola, distribuído pelo Núcleo Contemporâneo, dirigido por Jeanne Duarte e Mario de Aratanha e com direção musical de Mário Sève). O álbum chega embalado em bela capa de Elifas Andreato. Os arranjos são de Sève (sete), Gabriel Geszeti (dois), Rene Rossano (dois) e um coletivo.

Além do repertório já registrado no CD de 2011, o DVD apresenta duas novas músicas: “Curumim” (Mário Sève) e “Nunca Te Vi” (Sève e Stanzione). E é com o instrumental “Curumim”, com bombo leguero (Cecilia Satazione), percussão (Celsinho Silva) e pife (Mário Sève), que o DVD começa.

A partir daí me dei conta de que a sequência das cenas musicais se entranhavam em mim como os medicamentos, cujo efeito se dá por impregnação, aos poucos.

E foi assim que eu cheguei em “Samba Errante”: o bandoneón (Martin Lima) toca uma bela introdução. Logo Cecilia Stanzione canta. E é aí que se dá o arrepio… como ela canta, meu Deus! Sua voz sai cordialmente da garganta.

“Zamba Para Sus Manos”. De novo Cecilia e sua voz encantam, enquanto o arranjo de Rene Rossano (ele que ainda toca charango, baixolão e violão) também se vale de rabeca (Lui Coimbra), flauta (MS) e bombo leguero, para pulsar a emoção da intérprete.

“Onde”: com outro ótimo arranjo, Sève dá a Cecilia a possibilidade de fazer com que seu cantar cresça em vigor.

“Piedra o Barrilete” tem a simplicidade (violão e sax) com a qual Cecilia se mostra uma intérprete diferençada.

“Una Milonga” é uma das músicas mais belas do DVD. No arranjo de Gabriel Geszti, violoncelo (Lui Coimbra), sax, piano e violão acolchoam a linha melódica na qual Cecilia pousa a voz.

“Nunca Te Vi” é o momento em que os graves de Cecilia soam ainda mais precisos.

Em “Perfume de Violetas”, diferentemente da maioria das vezes, em que a cena está num estúdio, ela e o acordeom de Geszti (ele que também escreveu o arranjo) estão num terraço. Linda imagem. Com a câmera bem perto de seu rosto, Cecilia dá um show nos agudos.

“Canción Necesaria” tem a participação especial do bandeonista portenho Walter Rios. Sua atuação, assim como a de Cecilia, é comovente. Pena que o rosto de Rios não é mostrado.

“Roda Gigante” conta com um coro misto – reforço que dá ainda mais profundidade à voz de Cecilia.

Fechando a tampa, Cecilia e Nei Matogrosso cantam “Justo Ahora”. Nunca o ditado “juntar a fome com a vontade de comer” fez tanto sentido como nessa formidável junção. Apaixonantes, alucinadamente dramáticos, eles estão ao alcance dos ouvidos que assistirem Samba Errante.

Nesse DVD, Cecilia Stanzione e Mário Sève, assim como no CD homônimo, conceberam um trabalho musicalmente indispensável.

Aquiles Rique Reis, vocalista do MPB4

PS. Perdemos dois poetas… descansem em paz, Belchior e Almir Guineto.

Sobre o autor

Related posts

Comentários

Send this to friend