Previsões para o ano que passou

taro 1024x768 Previsões para o ano que passouCorajosamente, como costumo fazer a cada virada de ano, aqui estou para conferir as previsões que apresentei para 2010. Digo “corajosamente” porque muita gente faz estardalhaço com presságios espetaculares, mas quando chega o fim do ano, disfarça e esquece de verificar se deram certo. É gente que quer aparecer, imaginando escândalos de celebridades e outras bobagens. Minha preocupação é antever tragédias reais. Sou um sujeito racional, trabalho com um sistema científico que utiliza um instrumento de leitura chamado Chutômetro, que comprei em minha última viagem a Ciudad del Este. É um aparelho com tecnologia chinesa, reconhecido pela ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – e portanto com selo de qualidade. Eventuais desvios de resultados podem ser creditados à minha tradução do manual, já que não entendo mandarim.

Como vocês sabem, Edneide, minha secretária, é alcoólatra. Tem dificuldade de organizar seus próprios pensamentos, imaginem meu escritório. Pois bem, ano passado Edneide foi botar pra carregar a bateria do Chutômetro e queimou o aparelho. Liguei para Shangai pedindo um novo, mas ainda não chegou. Não sei se é porque a China fica lá do outro lado do mundo ou porque o cara não entende português. Das duas, uma.

Tudo isso só pra explicar que, como eu estava sem meu fiel instrumento de leitura, me senti limitado em minha capacidade de perceber o futuro com clareza e decidi realizar o tradicional ritual inca da Chicha Loca, para abrir as janelas da alma ao desconhecido. O ritual inclui uma dança pré-colombiana e a ingestão de uma sopa de quinua temperada com aquela raiz esquisita da selva peruana. Depois de 3 dias dançando e cantando na volta de uma fogueira, tive uma visão. E foi essa visão apocalíptica de uma batalha entre forças extraordinárias querendo dominar o mundo que eu descrevi na minha previsão. Por força da beberagem e da falta de equipamento adequado, terminei por enxergar apenas uma tragédia para o ano de 2010, mas de tal magnitude que ofuscou todas as outras. Como ficou comprovado. Vamos ao que interessa. A seguir, repito minha previsão – publicada na edição do Brazilian Voice de 31 de novembro de 2009 – que dispensa maiores explicações:

O exército vermelho vencerá todas as batalhas e seguirá triunfante em seu objetivo de conquistar o mundo. Mas o Todo Poderoso surgirá em Abu Dhabi para impedir tal façanha. Tempos estranhos virão e seremos obrigados a agüentar até um sujeito descontrolado, dançando sentado.

Related posts

Comentários

Send this to a friend