Festa na terra e no céu

Três coelhos com uma chacoalhada só

Brasileirão 2009

Os defensores do campeonato brasileiro em forma de turno e returno devem estar torcendo os bigodes. Afinal, estamos diante do melhor campeonato brasileiro da história, com várias torcidas roendo as unhas até o apito final da última rodada.

E não apenas os três que lutam pelo título, ou os quatro que vislumbram uma vaga na Libertadores.

As duas últimas “anti-vagas”, as do descenso, são igualmente foco de grande interesse.

Coritiba, Botafogo e Fluminense se engalfinham para não cairem na derradeira vaga da degola.

Não tenho bola de cristal, mas arrisco aqui duas previsões bombásticas:

O Botafogo ganhará do Palmeiras.

O Coritiba jogará o jogo de sua vida no Couto Pereira.

E o Fluminense cairá.

Não, ainda não enlouqueci.

Mas existe a decisão da sul-americana tirando o foco tricolor, além do fato de de o Fluminense já se superou além da conta nesse Segundo, esgotando seu estoque de milagres.

Com relação ao campeão, acho dificílimo tirarem esse título do Flamengo, que jogará num Maracanã lotado, contra um Grêmio que adoraria não colaborar com um provável título de seu arqui-rival, o Inter.

Ficarei feliz por alguns flamenguistas de quem gosto muito, mas principalmente por meu amigo Baal, que não viveu o bastante par ver com os próprios olhos, esse título do Mengão.

Uma vitória rubro-negra significará festa no Brasil inteiro e uma animada folia no céu.

Imagens Chocantes

Não falo da queda das torres gêmeas, nem do massacre de Columbine.

Refiro-me às imagens fartamente divulgadas na internet e na televisão, do propinoduto em Brasília.

Fiquei envergonhado e chocado com a naturalidade com que os protagonistas dessa opera pífia representam seus papéis.

A hipocrisia daquele trio “orando” após ter recebido o dinheiro sujo da corrupção, como que agradecendo um milagre divino, deixou-me perpléxico:

– Deus abençoa essa mixórdia?

Se assim for, fiquei curioso para saber o que o diabo tem em mente, o que ele tem nãos mãos para nos oferecerr.

Se até Deus já passou para o outro lado, o que será feito de nós, que ainda acreditamos e pregamos a honestitidade entre os cidadãos?

Imoral, anti-ético

Com o devido perdão, mas não posso me calar.

Sei que tenho coisas mais interessantes para falar, do que abordar nesse espaço um concurso de miss. Mas é demais.

Eu sei, o “regulamento” protege quem realiza o evento. Estão legalmente cobertos.

Mas ética e moralmente, não estão.

Chamar de Miss Brasil-Usa esse evento é uma prova de má-fé.

Induz ao engodo. Engana.

Afinal, Miss Brasil-Usa, teoricamente, deveria ser um evento que prestigiasse e desse destaque à beleza das brasileiras imigrantes ou filhas de imigrantes, neste país.

Como pode uma candidata de Seattle residir em Ponte nova, MG?

Desde quando Minas Gerais é um estado americano?

O problema deve estar na geografia.

Related posts

Comentários

Send this to a friend