Assassino de brasileiro também tentou matar a ex-namorada em NJ

Foto19 Miguel Leal Camara  Assassino de brasileiro também tentou matar a ex namorada em NJ
Miguel é acusado de homicídio em 1º grau, tentativa de assassinato em 1º grau, porte de arma, tentar desarmar um policial e violar uma ordem de afastamento (Foto: Facebook)
Foto19 Marco Antonio Rosa Moreira Assassino de brasileiro também tentou matar a ex namorada em NJ
Marco Antônio vivia nos EUA há 17 anos e deixa 2 filhos no Brasil e uma filha, do segundo casamento, em New Jersey (Foto: Facebook)

O português Miguel Leal Câmara também tentou matar a ex-namorada, mas foi impedido por pessoas presentes no local do crime

Na quarta-feira (22), promotores públicos detalharam que o português Miguel Leal Câmara, de 40 anos, atirou na cabeça de Marco Antônio Rosa Moreira, de 45 anos, quando o brasileiro estava sentado à mesa próximo à ex-namorada do assassino. O réu também tentou matar a ex-namorada, mas foi impedido por pessoas presentes no local do crime.

Miguel, morador em Long Branch, entrou no restaurante brasileiro Bom DMais, na Broadway, às 3:15 da tarde, e se aproximou da mesa onde Moreira estava sentado em companhia da ex-namorada do atirador e membros da família dela. Ela possui uma ordem de afastamento (restraining order, em inglês) contra Câmara, disse o porta-voz da Promotoria Pública, Chris Swendeman.

Câmara atirou contra Moreira, atingindo-o na cabeça, informou o escritório da Promotoria Pública num comunicado. O escritório não detalhou qual seria o tipo de relacionamento entre Marco Antônio e a ex-namorada de Miguel.

O tiro deu início à uma briga envolvendo os membros da família da ex-namorada, um cliente no restaurante e Câmara. Eles tentaram imobilizar o atirador até a chegada da polícia, informaram as autoridades. Durante a briga, Miguel tentou também atirar na ex-namorada, mas ela não sofreu nenhum ferimento.

Enquanto Câmara lutava com as pessoas no interior do restaurante, alguém acionou o número de emergências 911 e outra pessoa correu até à calçada e acenou para uma viatura policial que passava no local.

“Esse policial correu imediatamente ao restaurante e, quando entrou, presenciou várias pessoas em luta corporal com Câmara, tentando imobilizá-lo e tentando tirar a pistola das mãos dele”, detalha o comunicado.

Miguel, então, tentou agarrar, sem sucesso, a pistola do policial. Eventualmente, ele foi imobilizado e preso quando outros policiais chegaram ao local do crime. O brasileiro foi declarado morto às 3:38 da tarde, no interior do restaurante.

Miguel é acusado de homicídio em 1º grau, tentativa de assassinato em 1º grau, porte de arma, tentar desarmar um policial e violar uma ordem de afastamento. Na quarta-feira (22), ele compareceu à audiência na Corte Superior, onde já foi agendada outra audiência na semana que vem.

Marco Antônio estudou no Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM), vivia nos EUA há 17 anos e deixa 2 filhos no Brasil e uma filha, do segundo casamento, em New Jersey. Recentemente, a vítima alugou um quarto na casa em que morava para uma mulher e o irmão dela. O autor dos disparos era ex-namorado da moradora. As autoridades ainda investigam os detalhes do crime.

O crime abalou a comunidade local e vários internautas postaram mensagens carinhosas e de despedida na página de Marco Antônio no Facebook.

“Marcão infelizmente você se foi muito cedo que nosso Deus lhe conceda um bom descanso. Meus sentimentos a todos os familiares”, postou Márcio Fidelis Cabral.

“Obrigada por sua amizade infelizmente Deus mudou seus caminhos, mas você foi campeão e vencedor. Que Deus lhe dê um bom lugar e que tudo de bom que você fez pelas pessoas seja retribuído a você aí em cima. obrigada#saudadesseraoeternas”, postou Thatyane Moreira.

“Marcão que saudades meu primo, que Deus ilumine seu caminho como um ajudante de todos nós aí ao lado dele”, postou Fernanda de Paula Rosa.

“Descanse em paz meu amigo”, postou Nildete Zago.

A família de Marco Antônio Moreira espera a liberação do corpo para traslado e sepultamento no Brasil.

L

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend