Brasileiro acusado de matar conterrâneo tem fiança de US$ 1 milhão

Foto4 Jusselo Dias dos Reis  Brasileiro acusado de matar conterrâneo tem fiança de US$ 1 milhão
Jusselo Dias dos Reis teria esfaqueado Drummond no peito com uma faca de cozinha, na manhã de 16 de julho

Jusselo Dias dos Reis teria esfaqueado Carlos Drummond no peito com uma faca de cozinha

Na terça-feira (8), o réu Jusselo Dias dos Reis, de 44 anos, morador em Milford (MA), acusado de matar a facadas Carlos Drummond em meados de julho, alegou inocência. Entretanto, o juiz da Corte Distrital de Milford determinou a fiança em US$ 1 milhão.

O réu é acusado de agressão física com agravantes, mas as autoridades informaram que o caso ainda estava sob investigação, portanto, mais acusações poderiam ser apresentadas. Nenhum juiz estava disponível, portanto, o caso foi ouvido pelo Juiz Thomas Carrigan.

O promotor público Joseph Simmons pediu ao magistrado para que fosse determinada uma fiança alta. Ele relatou que Reis enfrenta acusações relacionadas a um homicídio, teve que ser retornado a Massachusetts depois de fugir para New Jersey e possui uma ordem de prisão em aberto pela Corte Distrital de Framingham. Como o advogado de defesa Randall K. Power não apresentou objeções, o juiz determinou a fiança e agendou outra audiência para sexta-feira (11), para que o caso pudesse ser melhor avaliado.

Segundo o patrulheiro Robert Parr, testemunhas relataram que Reis teria esfaqueado Drummond no peito com uma faca de cozinha, na manhã de 16 de julho. A vítima era conhecida na comunidade pelo apelido de “Coxinha” e Jusselo como “Piquete”.

. Drogas, álcool e mulher:

O apartamento onde ocorreu o crime é conhecido pelos vizinhos pelas festas frequentes realizadas no local. Aproximadamente às 4 horas da madrugada, eles escutaram o barulho de discussão. Segundo alguns conhecidos da vítima, o desentendimento teria começado na festa portuguesa e se prolongado até o apartamento, onde ocorreu o assassinato. Os brasileiros se conheciam e frequentavam os mesmos ambientes, mas o suspeito havia se mudado para Framingham (MA) nos últimos meses. Durante a festa em Milford (MA), eles teriam se reencontrado e consumido bebidas alcóolicas e drogas. Uma mulher que Piquete conheceu e com quem planejava passar o resto da noite teria sido o estopim do crime. Especula-se que Coxinha tenha flertado com a mulher e ameaçado bater em Piquete, o que pode ter provocado a reação violenta. Drummond vivia nos Estados Unidos há 14 anos e deixou 2 filhos, um no Brasil e outro nos EUA.

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend