Brasileiro consegue doador compatível de medula óssea

Foto17 Marina e Thiago Escames Marini Wilfer Brasileiro consegue doador compatível de medula óssea
Marina e o esposo, Thiago Escames Marini Wilfer, após o transplante de medula óssea (Foto: Facebook)

Thiago Escames Marini Wilfer recebeu o transplante na terça-feira (3)

Foi divulgada no Facebook a notícia de que Thiago Escames Marini Wilfer, de 34 anos, pai de 3 filhos, encontrou um doador compatível de medula óssea e, portanto, realizará o tão esperado transplante. O vídeo, feito na segunda-feira (3) e em um quarto de hospital, foi postado na página dele na rede social.

“Acabou o transplante nesse instante, 23:15!!! Ele não teve reação nenhuma, passou o transplante inteiro ótimo!! Agora começa a espera pela PEGA da medula, o dia em que ela começará a funcionar no corpo do Thiago, o dia em que saberemos que o transplante funcionou… esse dia será considerado o novo nascimento dele!!! Estou apostando no dia 18/12… Mas o dia que for será muito comemorado e feliz!! Até lá ele ficará zerado de imunidade, portanto necessitará de todos os cuidados possíveis e de orações intensificadas para que não pegue nenhuma infecção!

Nossos corações estão cheios de gratidão!! Gratidão primeiramente a Deus pela vida do Thiago, ao anjo doador pelo ato heroico de amor ao próximo e por dar a segunda chance de vida ao Thiago, ao Dr. Valter Massaglia e sua equipe maravilhosa, que fizeram de tudo para que o Thiago chegasse até o transplante, com toda competência e humanidade possível, a toda equipe e amigos da Unimed Sorocaba, que sempre cuidaram da gente com todo amor e carinho, a equipe de médicos e enfermeiros do IBCC que estão cuidando dele com todo carinho e atenção e a todos vocês, nossos amigos e familiares que sempre estão ao nosso lado, nos ajudando de alguma forma, com palavras e orações!! Amamos todos vocês!!” Postou Marina, esposa de Thiago, no Facebook

“Graças a Deus que tudo deu certo vida nona Thiago,que Deus abençoe toda sua família. Marina e Thiago Escamers Marini Wilfer vocês merecem depois de tudo que passaram, eu fico muito feliz”, postou o internauta Ray de Jesus.

“Agora, todo cuidado é pouco e que a fé seja maior ainda”, postou Delzira Brusaferro.

“Que dê tudo certo!! Estarei rezando para que seja tudo perfeito”, Ingrid Saiz.

A saga vivida por Thiago, entre muitos outros brasileiros, inspirou os voluntários da Fundação Icla da Silva a realizarem uma campanha de registro para potenciais doadores de medula óssea. O cadastro é gratuito e não importa o status migratório da pessoa no país.

. Campanha beneficente:

A base genética brasileira é muito diversa, em virtude das várias etnias que compõem a população, portanto, é importante que cada vez mais brasileiros se cadastrem como possíveis doares de medula óssea. Para efetuar o registro é necessário que os interessados preencham os seguintes requisitos: Tenham entre 18 e 44 anos. O registro é gratuito e não importa o status migratório. Necessita residir nos USA. O registro pode ser feito online: join.bethematch.org/saveme. Registre-se como um possível doador de medula óssea pelo telefone: Envie mensagem de texto: Cure135, para: 61474. Necessita residir nos USA. Em uma semana, o interessado receberá em sua residência um envelope selado com um kit para o teste genético. Basta fazer a fricção dos cotonetes na parte interna da bochecha e colocar na caixa do correio, explicou Roosevelt Ramos, coordenador da Fundação Icla da Silva nos EUA.

“Estamos perdendo nossas crianças por falta de solidariedade, ajude a salvar uma vida!” Encorajou o ativista. Mais informações podem ser obtidas através do tel.: (407) 276-4860, falar com Roosevelt Ramos ou do e-mail: [email protected]

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend