Brasileiro luta pela guarda do filho após prisão na fronteira

Foto27 Samuel da Cruz Brasileiro luta pela guarda do filho após prisão na fronteira
Samuel da Cruz, de 6 anos, nasceu nos EUA e foi transferido para a custódia do Estado (Foto: GoFundMe.com)

Sidielson e Samuel da Cruz foram detidos quando cruzavam a divisa do México com o Arizona

Diariamente, inúmeros imigrantes atraídos pelo sonho americano tentam cruzar clandestinamente a fronteira entre os EUA e o México, entre eles brasileiros. Em 21 de dezembro, Samuel da Cruz, de 6 anos, e o pai, Sidielson da Cruz foram detidos por agentes da Patrulha da Fronteira (BP) quando cruzavam a divisa entre o país vizinho e o Arizona. O menino nasceu nos Estados Unidos e, portanto, foi separado do pai, que luta desesperadamente para reaver a guarda da criança. Segundo as autoridades, a custódia do menor pode ser passada para outra família nos EUA; uma vez que Cruz se encontra detido e em situação irregular no país.

. Campanha beneficente:

Em 26 de dezembro, a ativista comunitária Lídia Souza, moradora em Stoughton (MA), iniciou no website GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/tdx33t-back-home, cujo objetivo é angariar US$ 10 mil para libertar Sidielson da prisão e ajuda-lo a recuperar o filho. Até à tarde de terça-feira (2), haviam sido arrecadados US$ 710.

“No dia 21 de dezembro de 2017, o  menor Samuel da Cruz, de apenas 6 anos, foi separado de seu pai Sidielson da Cruz por autoridades americanas do estado do Arizona quando tentavam entrar no pais. Neste momento, os pais lutam para reaver a guarda do filho que esta sob a custódia do Estado, através de um processo judicial caro e delicado. Contamos com a sua colaboração para nos ajudar a reunir esta família”, postou Souza no GoFundMe.com.

Related posts

Comentários

Send this to a friend