Brasileiro veterano perde a luta contra o câncer em NJ

cancer Brasileiro veterano perde a luta contra o câncer em NJ
O velório de Ronilton Alves Corrêa, também conhecido como “Neném”, será na Alvarez Funeral Home, em Newark

Ronilton Alves Corrêa terá missa de corpo presente na Igreja Saint James, em Newark

Na madrugada de domingo (22), Ronilton Alves Corrêa, de 54 anos, natural do município de Capitão Andrade, no interior de Minas Gerais, morador em Kearny, perdeu a luta contra o avanço de um câncer no estômago. Ele batalhava contra a doença há aproximadamente 2 anos e deixou a esposa, Márcia Corrêa, e os filhos Bruna, Pedro e Thiago Corrêa e a neta, Athena, todos residentes nos EUA. Ele também deixa um irmão em Kearny e um primo em Massachusetts, que o acompanhou nas últimas semanas. Ronilton e Márcia eram casados há 25 anos.

. Velório e missa de corpo presente:

Ronilton imigrou para os Estados Unidos há mais de 3 décadas e, inicialmente, trabalhou na cozinha e como atendente em restaurantes na região de Newark, antes de trabalhar na construção civil. O velório será realizado na quinta-feira (26), das 6:00 pm às 9:00 pm, na Alvarez Funeral Home, na 240 Mount Prospect Avenue, em Newark. Já sexta-feira (27), das 10:00 am às 11:00 am, acontecerá a missa de corpo presente na Igreja Saint James, na 143 Madison St., no bairro do Ironbound, também em Newark. Após ambas as cerimônias fúnebres, o corpo será cremado e as cinzas entregues aos familiares.

Na tarde de terça-feira (24), durante entrevista à equipe de reportagem do BV, Márcia aproveitou a oportunidade e agradeceu a todos os amigos pelo carinho e a generosidade da administração da Paróquia da Igreja Saint James pela organização da missa de corpo presente.

“Eu agradeço todos, pois se eu falar especificamente de um, vou esquecer o outro. Eu quero dizer que o apoio tem sido muito grande. Os amigos abraçaram a causa e estão me acompanhando; todos os dias a casa está cheia”, disse ela. “Eles não nos deixam sozinhos nesse momento tão difícil”.

. Um dos pioneiros:

Desde 2015, Ronilton lutava bravamente contra um agressivo tumor no estômago. Antes da doença, ele trabalhava na construção civil e nas últimas semanas estava internado no Hospital Clara Maass, em Belleville. Ele faleceu após ser transferido para casa, em Kearny, na companhia dos familiares. Corrêa, popularmente conhecido pelos amigos e familiares como “Neném”, vivia há mais de 30 anos nos Estados Unidos e fazia parte da geração de imigrantes naturais do Vale do Rio Doce, interior de Minas Gerais, que chegaram à Newark no início e meados da década de 80, ajudando a estabelecer a comunidade brasileira na região.

. Sonho realizado:

Enquanto lutava contra a doença, um dos sonhos de Ronilton era ver a primeira neta, Athena, filha de Bruna, que nasceu saudável poucas semanas antes de ele vir a falecer. “Ela foi um verdadeiro presente de Deus para eu não ficar sozinha”, disse Márcia emocionada à equipe do BV. “Ele era uma pessoa muito alegre, generosa e que gostava de ajudar as pessoas, desde que chegou aos Estados Unidos”.

. Campanha beneficente:

Durante o tempo em que acompanhava a luta do marido contra a doença, Márcia passou as 4 últimas semanas a maior parte do tempo no hospital, portanto, não tendo oportunidade de trabalhar. Em consequência disso, as contas começaram a acumular, além agora dos custos com velório e funeral de Ronilton Corrêa. Em 27 de setembro, ela iniciou no website GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/ajuda-para-o-tratamento-de-cancer, cujo objetivo é arrecadar US$ 10 mil que serão usados para as despesas com o funeral. Até à tarde de terça-feira (24), haviam sido arrecadados US$ 4.920. As doações são feitas online, os doadores podem se identificar ou não e qualquer quantia é aceita.

“Infelizmente, Ronilton Corrêa perdeu a batalha dele para o câncer. Todas as doações serão destinadas ao seu funeral. Obrigado a todos que doaram”, diz a postagem atualizada no domingo (22) no website GoFundMe.com.

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend