Câmara não aprova proposta migratória apoiada por Trump

Foto3 Donald Trump Câmara não aprova proposta migratória apoiada por Trump
A proposta não aprovada pela Câmara liberaria US$ 25 bilhões para a construção do muro proposto por Trump

O projeto votado na quinta-feira (21) não teria concedido a possibilidade de obtenção da cidadania americana para os “Dreamers”

Na quinta-feira (21), a Câmara dos Deputados Federais derrotou uma proposta conservadora de reforma migratória, apoiada pelo presidente Donald Trump, com 231 votos contra e 193 a favor. Além disso, os legisladores adiaram a votação de um projeto de lei amplo até sexta-feira (22).

O projeto votado na quinta-feira (21) não teria concedido a possibilidade de obtenção da cidadania americana para os “Dreamers”, ou seja, imigrantes indocumentados trazidos aos EUA ainda na infância. Além disso, a proposta visava limitar a imigração legal e reforçaria a segurança nas fronteiras ao financiar a construção do muro proposto por Trump.

O projeto de lei, que não tem chance de passar pelo Senado, onde pelo menos 9 democratas teriam que se juntar ao Partido Republicano (GOP) para apoiá-lo,  inclui a possibilidade da obtenção da cidadania americana por parte dos “Dreamers”.

A proposta não aprovada pela Câmara liberaria US$ 25 bilhões para a construção do muro proposto por Trump, restringiria a imigração legal e exigiria que o Departamento de Segurança Nacional (DHS) mantivesse as famílias migrantes juntas enquanto aguardavam o andamento ode seus processos nos tribunais de imigração nos EUA.

O líder da maioria republicana, Kevin McCarthy, disse ao programa NBC News que o prazo foi adiado para que os membros tivessem mais tempo de rever a legislação.

Os democratas se opõem a ambas as medidas, pois as consideram excessivamente duras.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend