Cantor sertanejo relata entrada nos EUA pela fronteira com o México

Foto18 Matheus e Kauan Cantor sertanejo relata entrada nos EUA pela fronteira com o México
Kauan (dir.) relatou que aos 17 anos decidiu vir para os EUA e entrou no país clandestinamente através da fronteira com o México

Kauan relatou as dificuldades enfrentadas na travessia clandestina, que durou 26 dias

A dupla sertaneja Matheus & Kauan está fazendo sucesso no Brasil, emplacando algumas canções que conquistaram os amantes do gênero musical. Eles foram os convidados do programa de entrevistas “Conversa com Bial”, exibido na terça-feira (7). Além de animar a plateia, os irmãos relembraram uma situação difícil que Kauan passou na adolescência.

O artista relatou que aos 17 anos decidiu vir para os EUA e entrou no país clandestinamente através da fronteira com o México. “Fui pelo México, tinha um cara que estava indo para lá, amigo do meu tio. Resolvi em três dias, comprei ‘passagem’, minha mãe não queria deixar de forma alguma”, disse.

O sertanejo detalhou que passou pelo Panamá, Guatemala e México antes de conseguir entrar nos EUA. “Liso e sem nada, emagreci 15 quilos durante a trajetória. Em uma casa que cabia 50 pessoas, havia 200 pessoas. Era muito louco. Caminhei no deserto e passamos do lado de gente morta, animais. Chegou um momento que pensei que não podia mais caminhar, e eles te deixam pelo caminho, tem que esperar a polícia chegar para te levar de volta”, contou Kauan.

A travessia clandestina durou 26 dias, segundo ele.

Sirlene, mãe da dupla, relatou que recebia ligações dos coiotes.

“Teve um dia que eles me ligaram e me mostraram que meu filho estava passando fome, foi muito pesado. Eu pedi para falar com ele para saber se ele estava vivo”, disse. Ela lembrou que quis impedir a viagem do filho e chegou a oferecer um carro para que ele desistisse da ideia.

O sertanejo não detalhou em que região viveu nos EUA e nem quanto tempo morou clandestinamente no país.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend