Day McCarthy confirma acidente, mas diz estar “mais viva que nunca”

Foto12 Day McCarthy Day McCarthy confirma acidente, mas diz estar “mais viva que nunca”
“Estou mais viva do que nunca. Amo vocês”, postou a blogger Day McCarthy no YouTube
Foto12 Day McCarthy  Day McCarthy confirma acidente, mas diz estar “mais viva que nunca”
Em um de seus vídeos postados no YouTube a blogger queima uma página da Bíblia em repúdio aos evangélicos

A blogger confirmou que sofreu um acidente de carro, mas relatou que não foi grave

Na terça-feira (6), em um vídeo postado no YouTube, a polêmica blogger Day McCarthy confirmou que sofreu um acidente de carro, mas relatou que não foi grave e “está mais viva que nunca”. No vídeo de 4 minutos de duração, ela diz que ainda viverá muitos anos e critica os líderes religiosos que teriam desejado mal à ela.

“Eu gostaria de agradecer as mensagens de carinho de vocês. Ontem, eu tive um acidente de carro, mas foi uma coisa super leve, nada grave, graças a Deus. Estou mais viva do que nunca. Amo vocês”, iniciou a blogger no vídeo.

Instantes depois, McCarthy critica os líderes religiosos. “Agora, esses pastores e padres que acharam que eu estava na pior, achando que eu iria morrer? Meu amor, terão que me aturar queridos; não vou morrer tão cedo. Engeraçado que, quando me expressei mal sobre algumas pessoas, todos vieram me atacar e essas mesmas pessoas me desejaram coisas ruins, piores ainda, a morte, coisas ruins. Se é uma coisa que eu tenho é o santo forte, pois eu só cheguei onde cheguei porque, meu amor, alguém me ajudou a chegar até aqui”, continuou ela.

Até a tarde de sexta-feira (9), o vídeo teve 2.182 visualizações e vários internautas postaram comentários de teor variado, ou seja, uns de apoio e outros de crítica:

“Essa mulher precisa de ajuda médica”, postou Zeli Campos.

“Não ligue para quem te desejou mal. Só porque você parece uma caveira não significa que está morta”, postou Eduardo Eduardolhp.

“O mulher chata e a mídia ainda dá corda pra ela”, postou Lourdes F.

“Vai se tratar sua louca!” Postou Sunara Cláudia Araújo Borges.

“Que bom que ela não morreu. A gente não pode estar desejando coisas ruins às pessoas; todos nós somos seres humanos. Força aí, se cuida”, postou Narlla Vianna.

“Tu que pensa! Teu fim está próximo! Esse acidente só foi um aviso!! Tu vai morrer com teu próprio veneno!” Postou Claudineia Oliveira.

“Quem livrou ela foi o capeta”, postou Bruno Dantas.

. Blogger polêmica:

Sempre através de “selfies” os vídeos gravados por McCarthy têm gerado polêmica na internet. Dayane Alcântara Couto de Andrade, de 28 anos, natural de Cancelas (ES), tornou-se do dia para a noite uma “celebridade” internacional, entretanto, não por bons motivos. Ela, que se identifica nas redes sociais de “Day McCarthy”, é acusada de postar injúrias raciais contra a filha do casal de atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. Tanta atenção fez com que o Departamento de Polícia do Condado de Henrico, na Virgínia, informasse que Dayane já foi presa no estado, em 19 de setembro de 2015, em decorrência das acusações de “manter ou frequentar prostíbulo”. Inicialmente, a imprensa brasileira havia divulgado que ela morava no Canadá, entretanto, Dayane vive em Las Vegas (NV).

A blogger, que se autodenomina “socialite” e “escritora”, chama Titi, de 4 anos, filha do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, de “macaca”. “A menina é preta. Tem o cabelo horrível de pico de palha. Tem o nariz de preto horrível. E o povo fala que a menina é linda”, diz McCarthy na gravação. ”Ficam elogiando aquela macaca, preta, horrível, e o povo fala que a menina é linda”. E ainda destacou que o ”o povo só puxa o saco porque (a criança) é adotada por famosos”.  A “socialite” questionou como ”duas pessoas brancas, dos olhos claros, teriam uma filha negra”.

Em outras postagens polêmicas, Dayane comparou a filha do casal Roberto Justus e Ticiane Pinheiro, Rafaela Justus, que sofre de uma síndrome rara, ao boneco Chucky, do filme “Brinquedos Assassinos”, e nem o filho de 3 anos da apresentadora Ana Hickmann, Alexandre, escapou. Nessa postagem, a sexualidade da criança é questionada. Ana e o marido registraram queixa em São Paulo. Já a cantora Anitta foi acusada por McCarthy de consumir drogas. Demonstrando ousadia, ela diz na postagem que possui o vídeo para provar, entretanto, nunca o postou.

McCarthy acumulou seguidores e desafetos em decorrência das declarações polêmicas. Pouco mais de um mês após as ofensas racistas contra Titi, ela voltou a ser assunto nas redes sociais. A polêmica da vez envolveu religião. Em um de seus vídeos postados no YouTube a blogger queima uma página da Bíblia em repúdio aos evangélicos.

Confira o vídeo postado na terça-feira (6) no YouTube:

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend