New Jersey poderá em breve conceder a carteira a indocumentados

 

Foto12 Phil Murphy New Jersey poderá em breve conceder a carteira a indocumentados
O Governador Phil Murphy adiantou que apoia a emissão da carteira de motorista aos indocumentados

O Governador Phil Murphy apoia a possibilidade e um projeto de lei foi apresentado em ambas às câmaras da legislatura

Estado Jardim está se preparando para juntar-se à uma dúzia de estados nos EUA que concedem carteiras de motorista aos imigrantes indocumentados. O Governador Phil Murphy apoia a possibilidade e um projeto de lei foi apresentado em ambas às câmaras da legislatura. Entretanto, mais que isso, a Comissão Estadual de Veículos Automotores (MVC) está se preparando para a mudança.

Nessa semana, a chefe do MVC, Sue Fulton, disse aos legisladores que o órgão contatou outros estados que concedem a carteira de motorista aos imigrantes indocumentados com o objetivo de aprender os requerimentos.

“Nós temos consciência da intenção do Governador com relação ao assunto, portanto, estamos buscando aprender mais”, disse Sue.

Ela acrescentou que tem mantido contato com os legisladores que redigiram a proposta que possibilitaria o início do programa, incluindo a Deputada Estadual Annette Quijano.

“Como antiga redatora dessa legislação, eu apreciei que a diretora Fulton aceite o meu pedido de discutir esse projeto de lei”, disse Quijano. “Eu saí do nosso encontro sabendo que ela entende a importância desse assunto e será a parceira que eu busco trabalhar juntas”.

Os apoiadores da concessão da carteira de motorista aos indocumentados alegam que isso tornará as ruas mais seguras, pois os motoristas serão devidamente treinados e terão seguro.

“Nesse momento, os imigrantes indocumentados geralmente escolhem dirigir sem a carteira, o que resulta em motoristas sem seguro nas estradas e cujas habilidades atrás do volante não foram testadas”, disse Dan Bryan, porta-voz de Murphy.

“O Governador Murphy acredita que todos os residentes em New Jersey estarão mais seguros quando dirigirem se mais motoristas tiverem a oportunidade de obterem legalmente as carteiras”, acrescentou.

Os outros estados que emitem a carteira de motorista aos imigrantes indocumentados são: Califórnia, Colorado, Connecticut, Delaware, Havaí, Illinois, Maryland, Nevada, Novo México, Utah, Vermont e Washington.

No início do ano, mais de 1 milhão de imigrantes indocumentados obtiveram carteiras de motorista na Califórnia através da lei AB-60. O índice foi comemorado por ativistas defensores dos direitos dos imigrantes, pois eles alegam que a legislação resultou na maior segurança nas estradas, permite que os imigrantes dirijam ao trabalho, levem os filhos à escola e façam compras; sem o medo de serem detidos.

O Departamento de Veículos Auto Motores (DMV) emitiu 1.001.000 carteiras de motorista desde que a AB-60 entrou em vigor, em janeiro de 2015, conforme dados estaduais mais recentes. “Isso tem sido uma verdadeira estória de sucesso para nossas famílias imigrantes, vias públicas e economia”, disse o Supervisor do Condado de Monterey, que redigiu o projeto de lei quando ainda atuava como deputado estadual em 2013. “Isso certamente resultou nos imigrantes terem uma qualidade de vida melhor por não mais temerem em ter os carros rebocados ou serem postos em processo de deportação por dirigirem sem a carteira”, disse ele.

Apesar do atrito entre a Califórnia e a administração Trump no que diz respeito à imigração, especialistas e autoridades de segurança concordam que a lei aumentou de forma significativa a segurança nas vias públicas. Um estudo realizado em 2017 pelo Laboratório de Política Migratória da Universidade Stamford, que avaliou os efeitos da lei durante o primeiro ano de implantação, revelou que os acidentes nos quais os motoristas fugiam caiu 4 mil casos somente em 2015, reduzindo ferimentos e poupando cerca de US$ 3.5 milhões aos motoristas inocentes envolvidos em acidentes no que diz respeito aos custos com reparos.

Além disso, o estudo revelou que a fuga de motoristas dos locais de acidentes caiu 10% nos condados que possuem grande quantidade de imigrantes beneficiados pela AB-60, incluindo Santa Cruz, Monterey, Napa e Fresno. Entretanto, opositores à lei alegam que a legislação concede aos indocumentados um direito que eles não merecem e, portanto, facilita que eles se esquivem das leis federais que impedem a contratação da mão-de-obra indocumentada.

 

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend