NJ Transit suspende condutor por alerta falso de batida do ICE

Foto24 NJ Transit  NJ Transit suspende condutor por alerta falso de batida do ICE
O incidente gerou pânico e ultraje entre os passageiros do NJ Transit

Passageiros da linha North Jersey Coast alegam que o condutor informou a presença de agentes do ICE a bordo

Um condutor de trens da NJ Transit foi suspenso sem direito a pagamento depois que passageiros no horário de pico na manhã de segunda-feira (5) denunciaram que ouviram o comunicado que agentes do Departamento de Imigração estavam a bordo “procurando por ilegais”. Os passageiros da linha North Jersey Coast rumo a Bay Head disseram que ouviram o condutor anunciar mais de uma vez, entretanto, o ICE informou que seus agentes não estavam no trem.

“Definitivamente, o ICE não estava envolvido nisso”, disse Emílio Dabul, porta-voz do ICE em Newark. “Nós não embarcamos em transportes públicos, a menos que estejamos procurando alguém especificamente”.

Steve Burket, chefe geral do SMART-TD, o sindicato que representa os condutores do NJ Transit, alegou que o incidente é fruto de um engano. O condutor, segundo ele, estava conversando com um passageiro que foi divulgado através de um sistema de comunicação defeituoso e que não pôde ser desligado. Foi o passageiro, disse Burket, e não o condutor que comentou que os agentes do ICE estivessem a bordo dos trens do NJ Transit e para fazer cumprir as leis de imigração.

Entretanto, uma passageira que estava no vagão rebateu e disse que as alegações de Burket eram “descaradamente falsas”, pois escutou claramente a voz do condutor duas vezes anunciar que os agentes de imigração estavam a bordo. “Eu ouvi”, disse Rory Catherine Fish, moradora em Asbury Park. “Tratou-se de um comunicado e foi o condutor. Eu ando de trem todos os dias, portanto, conheço a voz dele”.

Fish, que estava no trem na manhã de segunda-feira, detalhou que ouviu o condutor dizer “os agentes do ICE, agentes do Departamento de Segurança Nacional e de outros órgãos de segurança estão no trem, procurando por ilegais e outros criminosos”.

Outro passageiro, Brendan Judge, de 52 anos, morador em Spring Lake, disse que ouviu o condutor fazer um comunicado similar três vezes durante a viagem a Newark. Ele detalhou que pega o trem há muitos anos e nunca ouviu esse tipo de comunicado.

“Para mim, foi bastante perturbador”, disse Judge, um advogado comercial. “Eu estava imaginando se os agentes passariam exigindo para ver os documentos das pessoas ou se escolheriam conforme o perfil racial”.

Judge e Fish acrescentaram que não viram pessoalmente nenhum agente no trem lotado.

O NJ Transit informou que suspendeu imediatamente e sem direito a pagamento o condutor que teria feito o comunicado polêmico “enquanto é realizada uma investigação criteriosa”. O incidente gerou pânico e ultraje entre os passageiros, especialmente devido a administração atual em Washington-DC. Eles demonstraram ultraje através das redes sociais e em entrevistas à mídia. O NJ Transit reiterou que considera o fato “inapropriado e antiprofissional” e que isso “não reflete os valores do NJ Transit”.

 

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend