Apostador comprou bilhete sorteado da loteria no Ironbound

Foto11 Patt Deli e Grocery Apostador comprou bilhete sorteado da loteria no Ironbound
A Patt Deli & Grocery (detalhe), localizada na esquina das ruas Elm e Pulaski, no bairro do Ironbound, onde foi comprado o bilhete premiado (Foto: Google Maps)

O bilhete sorteado foi adquirido na Patt Deli & Grocery, na esquina das ruas Elm e Pulaski, no coração do bairro

No sorteio de terça-feira (21), um apostador comprou o bilhete com 4 dos 5 números sorteados da loteria Mega Millions e o Gold Mega Ball. A compra ocorreu na Patt Deli & Grocery, localizada na 310 Elm St., esquina com a Pulaski St., no coração do bairro do Ironbound, em Newark (NJ). As informações são do Essex Daily Voice.

Os números sorteados foram: 16, 18, 29, 31 e 37. A Gold Mega Ball foi 8 e o Megaplier Multiplier foi 3. O apostador vencedor também é elegível para o terceiro prêmio de US$ 10 mil. O prêmio Mega Millions agora totaliza US$ 130 milhões e o próximo sorteio ocorre na sexta-feira (24).

. Anonimato dos sorteados:

Obviamente, ganhar na loteria é um evento que muda a vida das pessoas, entretanto, isso pode ter um impacto social enorme se o nome do felizardo for divulgado. Em muitos casos, parentes afastados e golpistas aparecem com a chegada do dinheiro; mas um projeto de lei do Senado Estadual de New Jersey pode mudar isso.

A proposta S-2267 permite o anonimato indefinido e protegeria a identidade do vencedor, mesmo através de solicitações de registros públicos. Atualmente, New Jersey exige que o ganhador se apresente publicamente para reivindicar seu prêmio. A Comissão de Loteria do Estado de New Jersey pode compartilhar a foto, o nome, a cidade e o município dos vencedores da loteria, incluindo a Mega Millions e o Powerball.

Se aprovada, o projeto de lei redigido pelo presidente do Senado Estadual, Stephen Sweeney (D-Gloucester) e a senadora Kristin Corrado (D-Bergen) alteraria diretamente os regulamentos da loteria do estado.

O projeto de lei foi apresentado logo depois que uma mulher em New Hampshire, que ganhou US$ 559.7 milhões no Powerball, entrou com uma ação judicial buscando permanecer anônima quando reivindicou o prêmio. O tribunal decidiu a seu favor, citando seu “forte interesse pela privacidade” e só divulgou a cidade onde ela morava.

Embora a proposta mantenha a privacidade do vencedor, o estado ainda pode ter acesso a sua identidade por razões que incluem cobranças de pensão alimentícia, pagamentos de empréstimos de estudantes inadimplentes e outras dívidas a órgãos estaduais.

Funcionários da loteria e especialistas em finanças alertam os vencedores para tornar cuidado ao divulgar imediatamente a boa notícia. Judith Drucker, porta-voz da Loteria de New Jersey, pede aos ganhadores que tenham calma, deixem o momento passar e contate familiares e amigos para garantir que todos estejam de acordo com a notícia. O próximo telefonema deve ser para um consultor financeiro para discutir as consequências de um enorme fluxo de caixa, disse ela.

Em 2013, o então governador Chris Christie vetou um projeto de lei que protegeria as identidades dos ganhadores da loteria durante 1 ano, alegando que “prejudicaria a transparência” da loteria.

O projeto de lei foi encaminhado ao Governador Phil Murphy. Se a proposta for aprovada, New Jersey se juntará a outros 6 estados: Delaware, Kansas, Maryland, Ohio, Dakota do Norte e Carolina do Sul, os quais permitem que os vencedores permaneçam anônimos. Os ganhadores no Arizona, Geórgia e Virgínia podem permanecer anônimos se ganharem mais do que uma determinada quantia de dinheiro.

 

Related posts

Comentários

Send this to a friend